Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

matriz2006

matriz2006

27
Mar08

Aquele Poema

 

 
 
 Aquele Poema
Aquele poema lindo,
Que um dia tentei escrever,
Não foi por mim ainda feito,
Nem o consigo fazer.
Eu trago dentro do peito
Relíquias de um passado,
De algum sonho desfeito.
Mas quando algo renasce
Em meu coração,
Renasce a saudade
Do nosso rincão:
Da casinha antiga
Que me viu nascer,
Embalou os meus sonhos,
Que me viu crescer.
As brincadeiras na eira,
Aquela desfolhada,
O calor da lareira,
O cheiro a castanha assada…
Do avô que, à noitinha,
Histórias contava
Sentado à lareira
E nos encantava!
Do terço rezado,
A família unida,
Aquele amor dado
Que marcou minha vida!
Da avó querida
Que viu partir um dia
Nosso avô para o além…
E, passado pouco tempo,
O meu pai também,
Ficando sozinhos, nós com nossa mãe!
Mas seus braços estavam
Ali sempre abertos
Para nos abraçar,
E conselhos amigos
Nos sabia dar!
Mas essa avó querida
Também foi embora,
E a nossa saudade
Por ela ainda chora!
Mas lá longe, no Céu,
Onde Deus os tem,
Ninguém os esqueceu
Porque o amor ainda vive
E a saudade não morreu…

ROSA202D20C20281129.gif picture by ceuzitasunflower58

 

Albina Dias