Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

matriz2006

matriz2006

18
Fev08

Canto Livre

 

 

Canto Livre
 
Meu canto é livre e voa
Ecoa na terra
Sobe em espiral
Alcança longínquas alturas
Pés descalços
Bailo com o espírito verde
Para celebrar a memória do eterno,
Sou tríplice raiz,
Sou água, Sou fogo,
Sou Terra, Sou Ar
Saúdo os anciões,
Guardiões da sabedoria.
Abraço o espírito da vida,
Beijo o solo sagrado,
Ergo o cálice, olho o céu e caminho.
Levo comigo um cajado,
E as memórias do passado,
Ainda há muito a trilhar
Atravessar as montanhas
Até a linha do horizonte
E quando lá chegar
Soltar livre o meu canto
E voar!


Autor desconhecido

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.