Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

matriz2006

matriz2006

28
Mai13

----

--- 

Recreando o Poeta Manuel Carrajola

Meu Alentejo sequinho
Restolhice em maré-alta,
Pão azeite, carne e vinho
... Só da água sentes falta.

glosas

Alentejo dos meus olhos
Tens na secura os abrolhos
Hás-de ser sempre o meu ninho.
Que recordo com saudade
Com eterna amizade
Meu Alentejo sequinho.

Tua Primavera florida
É ternura enaltecida
Que do teu perfume salta.
Alegria bela e pura
A contrastar com a secura
Restolhice em maré-alta.

Tens pessoas de valor
Que eu recordo com fervor,
Tens de tudo um bocadinho.
És farto na dignidade
Tens de boa qualidade
Pão, azeite, carne e vinho.
Alentejo irreverente
És lugar de boa gente
Tens brilho na ribalta.
Terra de paz e amor
Portugal no seu melhor
Só de água sentes falta.

aplácido

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.