Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

matriz2006

matriz2006

07
Jan13

---


Electricidade

 

Alguns esclarecimentos....

 

Liberalização do mercado ... 1 de janeiro de 2013: Fim das tarifas reguladas para novos clientes A partir do dia 1 de janeiro de 2013, serão extintas as tarifas reguladas de venda de energia a clientes finais domésticos (pequenos clientes de Eletricidade com potência contratada < 10.35kVA / pequenos clientes de Gás com consumo anual < 500 m3). Na prática, a partir de janeiro, se um cliente final doméstico fizer um novo contrato, terá de escolher um operador do mercado livre. Para os clientes que, neste momento, se encontram no mercado regulado, não será obrigatório fazer nenhuma mudança (podendo estes permanecer no mercado regulado até dezembro de 2015). De 1 de janeiro de 2013 a dezembro de 2015, serão aplicadas, pela ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos), tarifas reguladas transitórias com agravamento, para que os clientes que permanecem no mercado regulado sejam incentivados a migrar para o mercado livre. A primeira tarifa transitória propõe um aumento de 2,8% e entra em vigor no dia 1 de janeiro de 2013. Em março, a ERSE deverá propor um novo agravamento. As dúvidas sobre estas mudanças, a acontecer a 1 de janeiro, estão a causar uma grande afluência às lojas e 'contact centers' da EDP, como explica Miguel Stillwell, administrador da EDP Comercial: "Verificámos nesta primeira quinzena de dezembro 360 mil clientes nos 'contact centers' e 60 mil nas lojas, um aumento médio de 30% no país e que está entre os 50% e 100% nos centros urbanos face ao mesmo período do ano passado". Miguel Stilwell deixa uma "nota de tranquilização aos consumidores" e garante que "todos os clientes continuarão a ser fornecidos durante 2013, 2014 e 2015". Sublinha que "podem calmamente esperar para fazerem a passagem para o mercado livre" e que “não é preciso fazê-lo até ao final deste ano". Osite da ERSE tem também muita informação. (Info Silvia Moita)Ver mais



ElectricidadeAlguns esclarecimentos....Liberalização do mercado1 de janeiro de 2013: Fim das tarifas reguladas para novos clientesA partir do dia 1 de janeiro de 2013, serão extintas as tarifas reguladas de venda de energia a clientes finais domésticos (pequenos clientes de Eletricidade com potência contratada < 10.35kVA / pequenos clientes de Gás com consumo anual < 500 m3).Na prática, a partir de janeiro, se um cliente final doméstico fizer um novo contrato, terá de escolher um operador do mercado livre. Para os clientes que, neste momento, se encontram no mercado regulado, não será obrigatório fazer nenhuma mudança (podendo estes permanecer no mercado regulado até dezembro de 2015).De 1 de janeiro de 2013 a dezembro de 2015, serão aplicadas, pela ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos), tarifas reguladas transitórias com agravamento, para que os clientes que permanecem no mercado regulado sejam incentivados a migrar para o mercado livre. A primeira tarifa transitória propõe um aumento de 2,8% e entra em vigor no dia 1 de janeiro de 2013. Em março, a ERSE deverá propor um novo agravamento.As dúvidas sobre estas mudanças, a acontecer a 1 de janeiro, estão a causar uma grande afluência às lojas e 'contact centers' da EDP, como explica Miguel Stillwell, administrador da EDP Comercial: "Verificámos nesta primeira quinzena de dezembro 360 mil clientes nos 'contact centers' e 60 mil nas lojas, um aumento médio de 30% no país e que está entre os 50% e 100% nos centros urbanos face ao mesmo período do ano passado".Miguel Stilwell deixa uma "nota de tranquilização aos consumidores" e garante que "todos os clientes continuarão a ser fornecidos durante 2013, 2014 e 2015". Sublinha que "podem calmamente esperar para fazerem a passagem para o mercado livre" e que “não é preciso fazê-lo até ao final deste ano".Osite da ERSE tem também muita informação.(Info Silvia Moita)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.