Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

matriz2006

matriz2006

22
Mar12

,,

Decidi partir...

fazer as malas me despedir de ti que um dia conheci!

Não levo mágoas amargura levo sonhos de ternura...

Não levo queixas lamentos pingos de chuva ventos...Levo o cheiro da giesta das margaridas em festa, as alcachofras de amor!

Decidi partir, e de ti me despedir.

Foste a cor a maresia, do poema á fantasia foste a Dália do amor!

Levo saudades do tempo, do vento feito lamento, do chilrrear dos passarinhos, e de todos os carinhos que anciosa busquei, como a Garça á beira do rio, sem farsa rindo de frio...Vou partir... olhar em frente seguir, me vestir de Primavera voltar a ser o que era!

São Percheiro

1 comentário

Comentar post