Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

matriz2006

matriz2006

21
Nov10

,,

Quando você vai
Meu mundo se isola
Fico vazio, as horas não passam
Conto os minutos
Mas o relógio parece parado
Entro em desespero
Não posso viver desse jeito
Desejando você todo tempo
Você é como uma droga pra mim
Viciante Embriagou-me por inteiro.
Já não tem mais cura
Não há tratamento
Estou condenado a este amor
Mas o que fazer com este amor
Queimando por dentro
Procuro me ocupar
Com outros afazeres
Mas não consigo me desligar
A cada passo vejo você
O telefone toca
Que decepção...
Não é você
Deito, fecho os olhos
Sonho com você
Loucura delirante
Não tem como escapar
Só me acalmo quando já é noite
Ai você chega - Pronto!
Tomei meu calmante.
(A.D)
Poemas as bruxas