Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

matriz2006

matriz2006

14
Jul10

Homenagem ao Daniel e à SÍLVIA

Ao ver as fotografias que "postou" dei-me conta da enormidade do tempo que já passou! Mas sinto-me muito feliz porque vivi todas as experiências lindas que uma tricana da Matriz pode viver!!!
O rancho também fez parte da minha vida durante alguns anos e  os momentos lá passados jamais apagarei da minha memória.
Aliás, a Matriz faz parte da minha vida desde que me conheço. Foi a minha 2ª casa na infância e na adolescência, quando passava os finais de tarde e muitos dias do Verão, com os meus amigos a jogar futebol no ringue, a jogar matrecos ou a jogar cartas, aproveitando para fazer companhia ao Sr. Moisés, no bar que era ainda só cimento e onde saltava a vista o calendário de Mulheres “descapotáveis” numa das paredes! :)
Foi pelas muitas horas passadas na associação que, mais tarde, comecei a jogar ténis de mesa pela Matriz e, depois, futebol... Seguiu-se o rancho e a rusga! E no meio de tudo isto, há memórias preciosas como as imensas noites passadas nos arraiais, ao som do grupo A2M.
E há também os apontamentos que a minha Família vai passando de geração em geração relativos à figura do meu avô Quilôres (pessoa que eu adoraria ter conhecido!) que criou a primeira rusga da Matriz e que foi sempre um entusiástico do São Pedro, incentivando as crianças a criarem os seus próprios arcos para desfilarem na rua....
Enfim... tudo isto para dizer que eu, como muitas pessoas que andam pela Matriz, não caí aí de páraquedas...
A Matriz foi e será sempre parte da minha vida e, quis o destino e Deus que eu encontrasse o Amor, o homem que me faz feliz e com quem vou casar, também na Matriz! :)
Bom...
Este comentário já vai longo e só me resta a agradecer, em meu nome e do Daniel, esta homenagem!
Estes gestos são demasiado valiosos para caberem num simples Obrigado, mas a D. Marisa sabe muito bem o que vai dentro de mim e não preciso de lhe dizer muito!
Tenho em si uma amiga a valer e que faço muito gosto em preservar! A sabedoria e a experiência de vida dos amigos mais velhos, dão-nos um sumo especial que as amizades mais jovens não são capazes de oferecer.


Beijinhos

 

Sílvia Nunes

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.