nomeblog
,
Sexta-feira, 30 de Julho de 2010

.......

 

 

 

 

 

 

 

Tempo de aquecer o coração

 

Há algo de romântico, solto no ar... Não é por um acaso que se comemora o Dia dos Namorados no mês de junho...

Com dias mais curtos, noites mais longas, o inverno por ser a estação mais fria do ano, faz com que nesse período a natureza revista-se de um novo cenário.

Um cenário próprio para a semeadura. E ali, procuraremos, como semeadores das palavras que somos, escolher os melhores grãos para serem cultivados por almas, por corações sedentos por uma palavra de conforto, de amor.

É a época de pensar em nossos objetivos para o novo ciclo a ser apresentado, conforme a experiência adquirida.

Um cenário completamente mágico, como um convite para sonhar,  para vivenciar o amor em toda sua plenitude.

Com luzes nos mais variados  tons produzidas pelo Sol, em  nuances especiais, ele é criado para estimular aos poetas a escrever poesias belíssimas para seus leitores.

Realmente há um quê de encanto e magia com a chegada do frio... E em todo inverno acontece sempre a mesma coisa... Principalmente quando ele resolve aparecer de verdade.
O céu fica mais lindo, mais azul. Porém existe uma neblina fria pela manhã, antes do sol sair, que para muitos poetas significa o mistério. Seus crepúsculos róseos se tornam um convite para construção de rimas, versos livres, liberando emoções.

Ficar quietinhos, bem juntinhos, se possível próximo a uma lareira, é tudo que um casal apaixonado quer... As cidades nas montanhas, nas serras se preparam durante todo ano para a recepção dos casais enamorados.

No inverno, apagamos as luzes, usamos candelabros e namoramos mais... Tudo se torna  um convite ao amor...

Os pássaros e os insetos estão quietos e as árvores, despem-se de suas folhas que desde o outono principiaram amarelecer e a cair. O silêncio é um convite à reflexão, na descoberta do por que da vida.

No inverno, Deus cobre a Terra de neve (em alguns Países) para proteger e descansar o seu interior. E ela dá um toque especial, convidando a todos os poetas a uma viagem etérea.

Tudo que existe, foi criado e protegido por Deus, para a felicidade da criatura humana.

Quando ele chega, é como se o mundo vegetal refletisse a imagem da purificação, mediante a qual Deus remove as imperfeições da vida de seus filhos. É o momento para avaliarmos os objetivos existentes e atingidos ou não.

De tudo que se foi proposto, certamente haverá metas que não foram alcançadas.

Na verdade não devemos encarar como um fracasso, pois sempre se aprende com a experiência.

Sabemos sim que este é o momento de se investigar quais são as causas que tem nos impedido de alcançarmos o êxito.

E uma vez descobertos os obstáculos que nos impedem, devemos elaborar um plano para superá-los e avançar, desta maneira, até um êxito final.

Quando os raios do sol diminuem sua intensidade ao cair da tarde é o momento de nos prepararmos para mais um dia.

É o momento de se ter fé e esperança de que tudo irá melhorar se tivermos uma atitude interior correta, se amarmos e sermos solidários.

E é ai que a poesia entra com sua força total. Como ânimo, como acalanto, como um tônico revigorante nos proporcionando a força, o estopim necessário para reacender os sentimentos adormecidos que se encontram dentro de nós.

 

Ricardo Junior

 

publicado por Marisa às 09:20

link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De fernpeixoto@hotmail.com a 30 de Julho de 2010 às 23:11

O mundo inteiro está cheio de pessoas.

Há pessoas caladas
que precisam de alguém para conversar.

Há pessoas tristes
que precisam de alguém que as conforte.



Há pessoas tímidas
que precisam de alguém que as ajude vencer a timidez.

Há pessoas sozinhas
que precisam de alguém para brincar.

Há pessoas com medo
que precisam de alguém para lhes dar a mão.

Há pessoas fortes
que precisam de alguém que as faça pensar
na melhor maneira de usarem a sua força.

Há pessoas habilidosas
que precisam de alguém para ajudar a descobrir
a melhor maneira de usarem a sua habilidade.

Há pessoas que julgam
que não sabem fazer nada e precisam de alguém
que as ajude a descobrir o quanto sabem fazer.

Há pessoas apressadas
que precisam de alguém para lhes mostrar
tudo o que não tem tempo para ver.

Há pessoas impulsivas
que precisam de alguém que as ajude a não magoar os outros.

Há pessoas que se sentem de fora
e precisam de alguém que lhes mostre o caminho de entrada.

Há pessoas que dizem
que não servem para nada e precisam de alguém
que as ajude a descobrir como são importantes.

Precisam de alguém
Talvez de ti ...

Maria De Lourdes Da Costa Carvalho
De fernpeixoto@hotmail.com a 1 de Agosto de 2010 às 09:23
CAPELA

NOS MOMENTOS QUE VIAJO EM PENSAMENTO
LIVRE DE IRONIA, TRISTEZAS E MÁGOAS
VEM À MINHA MENTE A HISTÓRIA DE UM HEBREU
MOISÉS, O PRÍNCIPE QUE SAIU DAS ÁGUAS.

NASCEU HUMILDE, SOBREVIVEU POR UM MILAGRE
RESGATADO POR HATSHEPSUT, PRINCESA DE MUITA FÉ
AOS 12 ANOS, SUPERIOR ESCOLA CURSAVA
SER FARAÓ NÃO ERA PRA QUALQUER ZÉ.

NAS CONSTANTES VIAGENS DE TOTMÉS
REINAVA HATSHEPSUT, COMO O DECRETO MANDARA
PRINCESA MUI ZELOSA, FARAÓ CAMALEOA
ÀS VEZES HATSHEPSUT, NOUTRAS VEZES MACARA.

O EGITO É UMA TERRA DE FENOMENOS
EXTREMA SABEDORIA DOS DESIGNIOS DIVINOS
E FOI ASSIM, OUVINDO, VENDO E AVALIANDO
QUE MOISÉS TECEU O FIO DO SEU DESTINO.

MOISÉS 40 ANOS, OS ESTUDOS TERMINARA
´PRÁ SER UM FARAÓ ESTAVA DETERMINADO
NUM DADO MOMENTO, OUVIU A VOZ DO CORAÇÃO
SEU POVO HEBREU CLAMAVA, E ELE ATENDEU O CHAMADO.

GUIOU UMA MULTIDÃO ÁVIDA E HOSTIL
ERROU PELO DESERTO, ANOS E ANOS SEM PARAR
TEVE POR GUIA UMA COLUNA DE FOGO
POR ALIMENTO O SALUBRE MANÁ.

PENSANDO NO ÊXODO, VASCULHO O INFINITO
VASTA IMENSIDÃO, ESPLENDOROSA E BELA
PENSAMENTO VOA E INICIO MINHA VIAGEM
BUSCO ENCONTRAR MINHA ESTRELA ´´CAPELA``.

OI, VIM TE DESEJAR UM FELIZ FIM DE SEMANA.

DAGMAR SOUSA

Comentar post

,

pesquisar

 

Novembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

arquivos

Novembro 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Janeiro 2001

recentes

Pão por Deus

-----

------

---

-

----

--------

1 de Abril

---

---

links

blogs SAPO

subscrever feeds