Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

matriz2006

matriz2006

28
Jun07

Meu tempo

 

 

 

 

 

Eu vivo no tempo
Sem tempo contado
Avanço no tempo
Num tempo esperado
Não sinto meu tempo
Um tempo esgotado.
Não penso num tempo,
Num tempo parado,
E olho para o tempo
Sem tempo passado.
Não vejo que o tempo
Já tenha acabado.
As marcas do tempo
São tempo cansado.
Eu dou tempo ao tempo
Num tempo apressado
E agarro o meu tempo
Em tempo agitado.
Num tempo em que o tempo
É tão controlado
Dar asas ao tempo
É tempo sonhado.
Se o tempo no tempo
Não for agarrado
Eu fico no tempo
Em tempo atrasado.
Andar só no tempo
Sem tempo para o mundo
Não ouve do tempo
O som mais profundo.
Saber estar no tempo
Que o tempo me der
É fazer no tempo
Tudo o que eu quiser.
Andar com o tempo
Seguir a seu lado
É ganhar do tempo
O tempo ajustado.
E quando o meu tempo
Estiver consumado
Eu volto para o Tempo
Sem tempo marcado

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.