Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

matriz2006

matriz2006

22
Mai07

O Poeta e a Primavera

O Poeta e a Primavera
(Dueto-Entrelace)
Nandus & Aluena
 
 
Começa a Primavera… E que alegria!
A terra explode em harmonia
Abrem-se os corações, brotam as flores
Renascem, vida, luz e cores
E os poetas nas canções da poesia,
Renovam-se em vestes de magia
Mais inspirados estão com seus amores!...
Cantam hinos de amor multicolores!...
 
Cantam mais alto, em verso, os seus louvores!
Qual colibri beijando o ar, as flores
E aos seus amores, em grande apologia,
Correm os pensamentos à porfia
Doam versos em forma de flores
Conhecem seus alvores
De toda a Primavera deste dia!
Almejam e vibram na poesia…
 
Renasce a Primavera! E, na poesia,
A chama do lirismo incandescia
Os cânticos d’amor e de saudade!
Qual aluno numa faculdade
- E quanta dor e pranto, e nostalgia…
Varando noite adentro até ser dia.
 
O poeta transforma em alegria
A vida, desamor, melancolia,
Nos versos d’amor e d’amizade
Como no “Penedo da Saudade”
Da sua Primavera: - a Poesia!...
Trovador, poeta, alma e fantasia!...
 
 
 
Fernando Reis Costa-"Nandus"-Coimbra
Maria Manuela Silva - "Aluena" - Lisboa