nomeblog
,
Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2007

Mãos

 

 

publicado por Marisa às 13:21

link do post | comentar | favorito
|

Parabéns Dores

 

 

publicado por Marisa às 00:12

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 30 de Janeiro de 2007

Você

 

 

 

publicado por Marisa às 21:19

link do post | comentar | favorito
|

Um raio de Sol

 

 Apenas um raio de sol,
 é suficiente para afastar
 várias sombras
 
 (S.Francisco de Assis)
 
 

 
 Que a janela da tua alma
 esteja sempre aberta,
 para receber os raios de sol
 que iluminarão o teu coração!

publicado por Marisa às 02:24

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2007

Poema e Réplicas

 DUETO

      (Fernando Reis Costa & Susana Petraglia Kovalkzuc)

 
                       EMOÇÕES DE UM POETA
Escrevo versos sem rimas procuradas;
Palavras que são a voz do coração;
E quantas vezes com lágrimas choradas
Em momentos de extrema solidão!
 
Como poeta, tenho a sensação,
Que a vida é como um jogo: ou tudo ou nada:
Às vezes... É de alegria a emoção;
Outras... de nostalgia indesejada!...
 
Na poesia mora a dor e o encanto:
- Dois extremos da emoção vivenciada,
Num misto d’alegria, amor e pranto...
 
E os meus versos, assim, de parca rima,
Dessa emoção, eles são a minha sina...
São como eu sou: – só isso e mais nada!
                          
  Fernando Reis Costa                         
                               Coimbra, 24 de Janeiro de 2007
EMOÇÕES DE UM POETA
 RÉPLICA
 As rimas dos meus versos afloram
Da amante das palavras que sou;
Da voz do coração lágrimas brotam,
Da gélida solidão que é onde estou!...
 
Como poeta faço das palavras um credo
Onde as sensações tomam formas delineadas;
Nem sempre é alegria, emoção, e cedo
O lugar para a nostalgia indesejada!...
 
Da minha poesia brota a dor e o pranto
Paradoxo da mulher que escreve
Num misto de alegria, amor, dor encanto...
 
Como poeta sei que a vida é uma roleta
Onde apostamos tudo mesmo com temor:
Sou o que sou para evoluir neste planeta.
 
Susana Petraglia Kovalczuk  
                          Curitiba, 25 de janeiro de 2007
SOU O QUE ESCREVO
 
                    RÉPLICA
                          -  Amigos...Posso? -
  Esta minha simples poesia não resistiu ao tema ...
Em palavras de inércia escrevo
O que minh'alma sente e lamenta
Em poesia deliro, sou seu servo
Nesta vida que ás vezes atormenta
 
Escrevo como todo o poeta afinal
Tristezas alegrias e tudo o que sinto
Vagueio nas letras ou num roseiral
Daquilo que digo sei que não minto
 
Na poesia deliro em canto perpétuo
Espalho ao vento todo o meu ser
No que acredito e todo o meu crer
 
Caminho vaidosa num ar intelecto
Tão imperioso todo o meu viver!
A cada poesia, a cada alvorecer...
 
                   
                      Cecília Rodrigues
                         Portugal Viseu 29/01/2007
 
 
 
publicado por Marisa às 13:24

link do post | comentar | favorito
|

Olá Tiago de Guimarães

, pelo comentário, pelos parabéns e pelos votos que formulaste no meu aniversário.

Acredito que todo o pessoal da rusga , da direcçao da associaçao e todo o pessoal do bairro da matriz, ficam felizes e retribuem os teus cumprimentos.

As fotos que me pediste já enviei para o teu mail.

Um abraço e vai-te preparando que breve, breve, aí estão de novo os ensaios da rusga.

 

publicado por Marisa às 13:12

link do post | comentar | favorito
|

Agora é a Hora

 

 Valorizar o momento presente
 é fundamental para o encontro
 definitivo com a Felicidade
 
 Se nunca aproveitamos a vida,
 agora é a hora!
 
 HOJE deve ser sempre
 o nosso mais maravilhoso dia!
 
 
( Thomas Dreier - 1930) 
 
 
 É o que vos desejo.
 Um dia maravilhoso
 

publicado por Marisa às 02:12

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 28 de Janeiro de 2007

Feliz Domingo

 

 

Bom dia !

Que o nosso amanhecer seja tão encantado
como a mágica de todas as fadas...
O nosso dia seja tão estrelado
como a mais linda noite de luar... 
Nossos desafetos sejam tão pequenos
como a menor gota de mar... 
Nossos caminhos sejam tão límpidos
como as águas do mais sonhado riacho... 
Nossas angústias sejam tão poucas
como a última ave mais rara... 
Nossas fantasias sejam tão boas
como o desejo da jóia mais cara...
Nossa força seja tão forte
como a do mais selvagem animal... 
Nossa  docilidade seja tão sensível
como a do mel mais natural... 
Nossa capacidade seja tão aprovada
como a alma mais povoada...
E nosso afeto seja tão verdade
como é nossa amizade...

FELIZ DOMINGO

 


publicado por Marisa às 06:51

link do post | comentar | favorito
|

Parabéns Fernando Pereira

 

 

publicado por Marisa às 00:49

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 27 de Janeiro de 2007

Olhos que choram...

 

 

 

 

 

 

 
                                 Olhos que choram lágrimas
                                 De desespero e de dor
                                 Das guerras e das armas
                                 Sem coração e sem amor
                                 Nas crianças não se pensa
                                 Nem nas pessoas que morrem
                                 Das bombas e metralhas
                                 Homens a sofrer ainda...
                                 E um jardim para plantar
                                 Uma arvore ou flor
                                 E meninos para brincar
                                 Com inocência e amor
 
                                       
                                        Rui Silva

                                    Olhos que choram...
publicado por Marisa às 21:53

link do post | comentar | favorito
|

Vamos cantar as Janeiras

 

E aqui ficam as fotos do espectáculo de Janeiras, que ocorreu em Pevidém, Guimarães, no passado dia 13 de Janeiro e onde o Grupo de Janeiras da Associação da Matriz, aliás todos elementos do Rancho Tricanas do Cidral foram muito aplaudidos e elogiados.

Agradeço ao Tiago Pereira as fotos que me enviou, uma vez que não me foi possível estar presente e agradecemos todos de coração, ao nosso amigo Sr. Augusto Barreiras, da empresa A.Barreiras, Lda., que é responsável pela iluminação do nosso Bairro da Matriz nas festas de S. Pedro há vários anos, o convite que nos levou a participar neste espectáculo.

 

Zé Manel, Avelino, Luís Barros, Belmiro, Fernando Pereira, Tiago Pereira,

Otília, Auxiliadora, Dores Canas, Maria, Cátia, Isabel,

Dores Ferreira, Jorge Miguel, Fátima

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nesta foto, além do grupo de Janeiras, podemos ver o nosso amigo Augusto Barreiras, e acompanhantes que fizeram questão de dar a maior força à nossa actuação, a Leninha, esposa do Fernando e mãe do Tiago e a Bela e o Sr. Manuel, pais da Xana e sempre presentes.

 

O Jorge Miguel

 

Ele é o mascote masculino do Rancho Tricanas do Cidral e está sempre disposto a colaborar. Sabe todo o repertório do Rancho de cor e salteado e faz questão de cantar bem afinadinho. Embora "ainda não dance", não falha um unico ensaio. É o nosso Futuro, sempre Presente.

O local da actuação

publicado por Marisa às 18:36

link do post | comentar | favorito
|

Tantas flores

E ontem recebi imensas flores virtuais. Começaram a chegar à meia noite e dois minutos e nunca mais pararam. Depois eu é que não funciono bem, amigas. Eu bem sei, que há uns tempos atrás mandei 50 passarinhos virtuais durante um dia só para uma certa senhora. Mas coitada, ela tinha perdido o canário de estimação no dia anterior e eu achei optimo, mandar-lhe 50, já que ela fazia 50 anos. E agora, claro, veio a "vingança". Mas foi bem elaborada, pois eu recebi ao longo do dia flores das mais diversas partes do mundo, das amigas espalhadas, mas que nunca se esquecem e estava tudo preparado, pois eu contei-as e ao fim do dia 26, exactamente às 23.59 entrou a 46ª.  E outro pormenor, todas as flores que recebi, tinham algum dia sido enviadas por mim para elas. sinal que guardam com carinho os mails que recebem.

Para agradecer, pois eu adorei, aqui ficam

a minha flor, marca de todos os meus trabalhos

 

 

e o meu coração, disfarçado de rosa vermelha, uma das minhas flores preferidas.

 

 

 

E claro, as flores que ontem recebi durante todo o dia, exactamente pela ordem de chegada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Marisa às 16:11

link do post | comentar | favorito
|

Mais Postais

E aqui ficam mais alguns postais que recebi ontem. Além destes e dos que  já publiquei, recebi vários em PPS, outros com som de voz, alguns com lindas músicas, vocês sabem bem do que eu gosto, mas infelizmente  a estrutura do blog não me permite mostrar-vos, mas que agradeço de coração, pois adorei cada um deles.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Marisa às 13:15

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Mais uma vez!!! Obrigado

 

!!! OBRIGADA, AMIGOS !!!

Agradeço a amizade que, gentilmente,
 me permitem desfrutar.
Agradeço a energia que, positivamente,
muitas batalhas me ajudam a ganhar.
Agradeço a força que, bravamente,
conseguem emprestar - me.
Agradeço ao vosso coração todo o carinho
 que demonstram e me oferecem...
Para todos ....
" Que as gotas da chuva vos molhe suavemente o rosto,
Que o vento suave vos refresque o espírito,
Que o sol ilumine o vosso coração,
Que as tarefas do dia não sejam um peso em vossos ombros,
E que Deus vos envolva, hoje e sempre num manto de amor.
 
Que a estrada se abra à vossa frente,
Que o vento sopre levemente em vossas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em vossas faces,
Que a chuva caia de mansinho nos campos,
E até que nos encontremos de novo,
Que Deus vos guarde na palma de sua mão.
 
Tenham todos um lindo dia!
 
Beijos!!!

publicado por Marisa às 12:50

link do post | comentar | favorito
|

Bom fim de semana

 

publicado por Marisa às 10:07

link do post | comentar | favorito
|

Obrigado

 

E não pensem que vou dizer obrigado e sem mais nada. Eu não preciso esconder que adorei todas as mensagens que recebi, todos os postais, quase conseguiram entupir o meu mail e acabaram com a carga do telemóvel, tantos foram os sms e as chamadas. Mais uma vez me mostram que vocês são especiais e que o meu tempo está muito bem empregue junto a vós. Aos amigos e amigas de hoje e todos os dias, aquele abraço com muito carinho.

Aos amigos e amigas de muitos e muitos anos, dos que brincaram e cresceram comigo, lá tão longe, na Beira, na Manga, em Moçambique e que em mais um ano marcaram presença e não se esqueceram, eu agradeço de coração não só pelos parabéns mas por todas as boas lembranças que me proporcionam em cada mail, em cada msn que recebo.

Para toda a família, eu não preciso de agradecer aqui, pois agradeci presencialmente todo o carinho e apoio que estão sempre prontos a dar. Aos que não puderam estar presentes, por afazeres ou porque estão longe, retribuo tudo de bom que me desejaram e sabem todos, que estão sempre no meu coração e no meu pensamento.

Finalmente, e porque os últimos são os primeiros, ao Mário e ao João Vítor, obrigado por serem amorosos e carinhosos como sempre, é por eles e para eles que eu sou feliz.

 

 

 

publicado por Marisa às 03:38

link do post | comentar | favorito
|

Abre as janelas

 

 Hoje, abre as janelas da vida
 
 Deixa o sol entrar,
 
 admira a paisagem,
 
 sente o perfume do campo,
 
 mira o azul do céu...
 
 Ouve o canto dos pássaros
 
 e principalmente
 
 tem  muita esperança e alegria
 
 

publicado por Marisa às 01:51

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2007

Um Dia Feliz, Marisa

 

Um dia feliz Marisa!!!
 
Que o dia lhe traga felicidade
Muita alegria, saúde, Amor,
Desejo-lhe com amizade
Um dia com muito calor.
 
Com muito carinho de quem ama
Com prendinhas ao redor,
Que a felicidade seja a chama
Dum aniversário com muito amor.
 
Os três num abraço caloroso
Neste maravilhoso dia,
Tenham um dia fervoroso
Com muitos sorrisos de alegria.
 
 
 
 
26.01.2007 Aires Plácido
  pelo poema e pelo apoio que tem dado a este blog.
publicado por Marisa às 13:39

link do post | comentar | favorito
|

Obrigado Salvador

 

Fico feliz, que mesmo de tão longe os amigos continuam presentes no teu pensamento. Acredita que tu também estás sempre nos nossos. Um abraço para todos e

 

 

 

publicado por Marisa às 13:25

link do post | comentar | favorito
|

Postais que já recebi

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Marisa às 13:10

link do post | comentar | favorito
|

Bom Dia

 

 

 

 

publicado por Marisa às 07:47

link do post | comentar | favorito
|

Aniversário

 

 No meu Aniversário

Quero amor, carinho, flores, muitas flores, rosas de preferência,
também podem ser  variadas.
 Um arrranjo das mais delicadas!
 Passarinhos a chilrear, dos mais multicores,
 pelos Jardins, que sabem tudo de mim!..
 
 Muito sol em minha vida,
 para que sinta o calor que aquece a minha alma,
 para que eu possa falar de " Felicidade"!
 
 Agradeço por mais um Aniversário ,
 compartilhado com meu marido e meu filho,

com todos os familiares,    com vocês, amigos queridos,
alguns que não vejo, mas que os sinto  tão pertinho,
 que, por mais um pouco, sopraríamos juntos as velinhas
 desse bolo comemorando, no dia do Meu Aniversário,
 dia, em que Jesus, aqui, me enviou,

 para ser essa,
 que muito os ama e lhes quer muito bem!..
 
 Agradeço por tudo o que tenho:
 " Uma Família, Amor, Amizade, Carinho, 


          ombros amigos, onde posso encostar e sorrir e onde derramo minhas lágrimas,  

se precisar, pois conto com vocês!
 
 No Meu Aniversário, quero a família reunida,  quero Saúde e Alegria, quero Paz, a mais bonita Paz do mundo,
 para que eu possa gritar:
 " Paz para o Mundo, Para Mim, Para Ti, Para Todos",
 pois hoje é o dia do " Meu Aniversário"!

 

publicado por Marisa às 06:59

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Tenham Um Dia Feliz

 

Bom dia!

 

 

Hoje, se chover, sejam felizes com a chuva que molha
os campos, varre as ruas e limpa a atmosfera.

 

Se fizer sol, aproveitem o calor.
Se houver flores no vosso jardim, aproveitem o perfume...

 

 

Se tudo estiver seco, aproveitem para regar,  colocar
as mãos na terra, plantar sementes
e aguardar a floração.

Hoje, não arrumem desculpas...
Sejam felizzzzzzzes de qualquer jeito!
Lembrem-se de que a única fonte de felicidade
está dentro de nós e deve ser repartida.

 

 

 

 

Repartir nossas alegrias é como espalhar
perfume sobre os outros: sempre algumas
gotas acabam caindo sobre nós...

 

Que o meu dia seja PERFEITO, e o vosso também... Afinal, nós merecemos!!!

Beijo


publicado por Marisa às 06:38

link do post | comentar | favorito
|

Presente

 

 O Passado é História
 O Futuro é Mistério
 O Presente é uma Dádiva
 por isso se chama PRESENTE

 Vamos abraçar este presente?
 Um especial segredo para ser feliz!
 No meu dia, desejo a todos um lindo dia!
 Com carinho!

 

publicado por Marisa às 02:08

link do post | comentar | favorito
|

Em dia de aniversário

Com a chegada de um aniversário, chega também a época da colheita do que plantei ao longo do ano que passou, e sei que estando numa Associação, num Rancho, ficam comprometidos muitos outros assuntos e acreditem, que só aqui estou, porque tenho comigo, além dos mais importantes que são o meu marido e o meu filho, muitos outros familiares e claro, vocês todos, que no dia a dia justificam todo o meu empenho e se assim não fosse, talvez não conseguisse expressar as palavras que tenho gravadas em meu coração.
Portanto não poderia passar de hoje! E é com o espírito de dia de aniversário, eu sei que muitos não gostam de fazer anos, mas eu adoro, que digo que tenho recebido de vocês meus amigos, uma grande quantidade de e-mails com palavras carinhosas a respeito deste blog e do trabalho que não só eu, mas todos temos desempenhado na Associação Cultural e Recreativa da Matriz e no Rancho Tricanas do Cidral.
Fico cheia de alegria a cada um deles que leio, adorei cada postal recebido por altura do Natal e toda a colaboração que recebemos, poemas, versos, músicas.
Por isso e pela atenção que vocês me dispensam diariamente é que a minha responsabilidade também cresce  a cada dia.

Tenho procurado fazer o melhor e vou continuar agindo assim porque é por gente como vocês, que eu me orgulho de
fazer algo que vos faça um pouco felizes diante de tantas adversidades e quando comentam que acharam aquele poema lindo, aquela imagem que vos fêz rir, vale a pena tudo o que faço.
Noto, mais e mais a cada dia,  que o nosso blog não tem servido apenas por mero passatempo, mas também para levar alento e um pouquinho de alegria a todos que partilham do gosto pelos ranchos, pela poesia, pela fotografia 
e que me escrevem dando sugestões e pedindo que eu arranje um tempinho e responda os seus mails.
Respondo todos, pois não há nada mais gratificante para mim do que isso.
Eu não tenho muito o que dizer, pois a cada momento que vejo nos mails que recebo,  os recadinhos, dos mais simples aos mais intelectuais,a minha emoção renova-se,
e o  meu agradecimento a cada um está dentro de mim e só aqui posso retribuir .
Obrigada mesmo e de coração!!!
Com o mesmo sentimento que me envolve quando estou a escrever estas palavras, é que coloco aqui a minha gratidão sincera e o convite para que continuem passeando pelo Blog da Matriz,pois ele não é só meu, é nosso!
Sintam-se à vontade dentro dele e absorvam dele o que for melhor para o seu engrandecimento.
Continuem também a escrever, a enviar tudo que entenderem, pois, com certeza me enchem de felicidade! 
Procuro aprimorá-lo a cada dia,porque essa é a minha responsabilidade diante de tanto carinho que vocês lhe dedicam.

Mais tarde, vou aqui publicar todos os postais que  estou a receber. Vou publicá-los sem nome do remetente, para que ninguém (dos que não enviaram) se sinta melindrado. Agradeço ao mesmo tempo as muitas mensagens e telefonemas que já recebi no telemóvel.
Gostaria de abraçar pessoalmente um por um, mas como é impossível, fechem os olhos e sintam-se abraçados calorosamente.


publicado por Marisa às 01:10

link do post | comentar | favorito
|

26 de Janeiro

 

 

 

publicado por Marisa às 00:02

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2007

As Cores

 

 UM TOQUE DE VERMELHO PARA
 IRRADIAR A ALEGRIA E A PAIXÃO,
 PRINCIPALMENTE A PAIXÃO PELA VIDA.

 

 UM TOQUE DE LARANJA PARA
 TE DAR MUITA ENERGIA,
 E PROPAGAR A SAÚDE

 UM TOQUE DE AMARELO,
 PARA EXPANDIR A LUZ DO SOL,
 ILUMINAR A VIDA E DESPERTAR A SABEDORIA

 UM TOQUE DE VERDE,
 PARA TRANSMITIR O SENTIDO DA NATUREZA
 INTERIORIZAR A ESPERANÇA,
 E ATIVAR ENERGIAS DE CURA

 UM TOQUE DE ROSA
 PARA EXPANDIR O AMOR NO CORAÇÃO.
 O AMOR INCONDICIONAL

 UM TOQUE DE AZUL,
 PARA LEMBRAR A GRANDIOSIDADE DO CÉU,
 PARA TRAZER TRANQUILIDADE, PAZ DE ESPIRITO
 E PARA AFLORAR A INTUIÇÃO,

 PARA TRANSMUTAR A NEGATIVIDADE
 REFORÇAR O CAMINHO ESPIRITUAL
 E ATIVAR A INSPIRAÇÃO

 PARA ATRAIR A SINCERIDADE E PUREZA
 A PAZ SEMPRE!
 SER FELIZ!


 

publicado por Marisa às 01:54

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2007

Boa tarde

 

 Inicia a tarde,
 e o sol no seu ponto mais forte
 ilumina a criação!
 
 
 
 Quero  desejar
 
 UMA BOA TARDE!
 
 ILUMINADA, COLORIDA, VIBRANTE.
 
 E quando a tarde findar
 que deixe como despedida
 energias de paz...
 Elas irão envolver!
 E nessa paz lembrarás
  o brilho das estrelas
 que te irão iluminar
 quando anoitecer
 
 B O A   T A R D E!
 

publicado por Marisa às 12:58

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 23 de Janeiro de 2007

Lisboa

 

 

Minha Lisboa
 
Minha Lisboa, tenho-te no meu sangue,
pois minha avó era de Coimbra,
sendo meu primo Sacadura Cabral
 eu, Eda, a fazer versos de amor,
sem conhecê-la ainda!
 
Homenagens tenho recebido,
estou ficando moça culta,
de fados, poesias,cirandas,
e entrelaçados.
Quem sabe um dia ainda entre
para a Real Academia,
onde só se fala de Amor!
 
E lá vestirei minha farda engalanada,
cheia de flores multicores,
vendo as andorinhas a passar,
pelos céus de Portugal,
este Portugal que amo,
e que ouvia histórias a contar,
ao lado de minha avó,
na sua famosa guitarra,
acompanhada de um violão,
tocado por minha mãe.
 
E, eu, garota, escutava
este famoso sarau,
sem nunca saber
que iria um dia
cantar e contar
os meus versos de amor,
que estou espalhando
pelo mundo,
como borboletas em flor!
 
Ah! Lisboa querida,
deixa eu te amar!
 
Eda Carneiro da Rocha
www.albumpoeticoeda.com.br
 
Com carinho, para esse  nosso Portugal, a cidade
de Lisboa, decantada por mim.
Um beijo terno de
Eda
Agradeço ao Fernando Reis Costa - "Nandus" , que gentilmente nos repassou este texto.
publicado por Marisa às 18:50

link do post | comentar | favorito
|

Um lindo dia

 

ALEGRIA
Tahyane Rangel



A alegria habita dentro de nós
Temos que torná-la viva e contagiante.

É uma tocha de luz
que deve permanecer acesa
iluminando os nossos passos.

Ao abrirmos a janela da nossa alma
iluminaremos com a nossa alegria
o ambiente e todos à nossa volta.

Que vocês hoje tenham um dia radiante,
pois eu vos envolvo nas luzes da alegria.

Um lindo dia e o meu carinho 

 
publicado por Marisa às 07:46

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2007

Amigos para sempre

 

AMIGOS SÃO PARA SEMPRE

 
Você pode ser careca
 
Ou pode ser negra
 
Pode ser vegetariano
 
Pode ser um garoto
 
ou uma garota
 
Você pode ...... muito
 
Pode ser gordo
 
Pode falar muito
 
Você pode pensar que é o rei
 
ou a rainha
 
Você pode ser mau  
 
ou pode ser bom  
 
Você pode trabalhar no circo  
 
ou como um D.J.
 
Você pode ser estranho
 
ou pode ser legal
 
Pode ter gostos esquisitos
 
Você pode ser em forma  
 
ou hippie
 
Você pode ser uma cowgirl

ou um cowboy
 
Você pode ir deslizando
 
 
ou pode ir de carro

Você pode usar óculos
                            ou não 
 

Mas você será sempre meu amigo(a)!

publicado por Marisa às 07:17

link do post | comentar | favorito
|

Basta

 

Basta!
 
Basta de palavras sem asas para voar…!!!
Basta de promessas que nunca germinam!
Queremos Paz e pão para todos!
 
Estamos fartos de ver a criança a mamar
Da mama que nada sai,
Porque não se pode alimentar
Da lágrima que da Mãe cai.
 
Temos esperança
Vamos esperar,
Que um dia a criança
Sorria ao mamar.
 
Queremos dignidade no mundo inteiro!
Estamos fartos de esperar… e de ouvir
Gente de barriga cheia a prometer…
 
Blá blá blá! Blá blá blá!
 
Blá blá blá……
 
 
17.01.2007Aires Plácido
publicado por Marisa às 07:05

link do post | comentar | favorito
|

Bom Dia

 

 

 

publicado por Marisa às 02:05

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 21 de Janeiro de 2007

Espere o amanhã

 

Ajude sempre.
Não tema.
Jamais desespere.
Aprenda incessantemente.
Pense muito.
Medite mais.
Fale pouco.
Retifique amando.
Trabalhe Feliz.
Dirija equilibrado.
Obedeça, contente.
Não se queixe.
Siga adiante.
Repare além.
Veja longe.
Discuta serenamente.
Faça luz.
Semeie paz.
Espalhe bênçãos.
Lute elevando.
Seja alegre.
Viva desassombrado.
Demonstre coragem.
Revele calma.
Respeite tudo.
Ore confiante.
Vigie benevolente.
Caminhe, melhorando.
Sirva hoje.
Espere o amanhã.

André Luiz

 

 

publicado por Marisa às 12:59

link do post | comentar | favorito
|

Bom Domingo

 

 

 

publicado por Marisa às 12:16

link do post | comentar | favorito
|

Minha Poesia Pobre

 

MINHA POESIA POBRE !



Minha poesia está pobre .
Minha rima mendiga o pão .
Hoje, quanta dor encontrei no lixo,
além da minha inspiração!

Também,
outro dia, lembrei-me de Hiroshima...
Hoje , do furacão Katrina !
Não leio manchetes alegres ,
o mundo, às moscas , entregue !
É hora de parar de poetar .
Rezar?

Entregar-me a uma frente de ajuda ?
Que Deus nos acuda !
Isolar-me num canto qualquer ?
Viver tal qual Cruzoé ?
Deixar as barbas caírem no peito .
Voltar no tempo, a história ?
Fingir-se , sem memória ?
De que jeito ?

Ainda a pouco houve uma chacina na favela ...
Mataram o filho do meu vizinho !
Ainda não vi ninguém na cadeia ,
pelo crime do colarinho .
Terra sem lei , ninguém julgado
ou melhor , condenado !
Cadeia aos pobres , iguais sardinhas .
A maioria ladrão de galinhas !
Políticos sem vontade

de quererem mudar alguma coisa .
Está lá ...o norte e nordeste !
Morrendo de fome os cabras da peste .
Peste da impiedade ,
da falta de carinho e respeito .
Mudam do São Francisco o leito
e dormem na propaganda !
Povo sem casa .
Gente sem terra .
Invasões fajutas , pudera !
Apoiadas por quem ?
" Movimento de ninguém "
As igrejas e os padres pedófilos .
Os pastores arrecadando dinheiro
em nome de Deus !
As bombas dizimando pessoas

por fanáticos ,
a guerra proclamada por lunáticos !
Pobre Terra Santa ,
que a mais ninguém encanta .
Reflete nos músicos e poetas .
Sai pouca coisa que presta !
Reflete no artista de modo geral .
Não existe inspiração com o mal .
O mundo está pobre !
A arte está empobrecendo .
Pudera ! Também o que está se vendo ?
Desgraça por todo canto !
Peço um pedaço de pão a minha poesia ,
uma moeda para minha métrica !
Uma sobra de comida para minhas rimas .
Ao mundo que padece de frio e amor ,
um cobertor !

José Geraldo Martinez

Enviado por "Nandus"

publicado por Marisa às 01:24

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 20 de Janeiro de 2007

Vivos

 

 

 

publicado por Marisa às 16:21

link do post | comentar | favorito
|

Bom Fim de Semana

 

 

 

publicado por Marisa às 08:43

link do post | comentar | favorito
|

Sejam Felizes

 

publicado por Marisa às 05:20

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2007

Sexta Feira

 

Sexta-feira
Sexta-feira novamente
Cá estou eu outra vez,
A dizer que felizmente
Este ano já cá cantam três.
Sexta-feira encantadora
És uma estrela brilhante,
Prá gente trabalhadora
O teu brilho é adoçante.
Cada dia que passa a adoçar
Mais pertinho do sabor,
Sexta-feira sempre a brilhar
És como uma bela flor.
Se a semana é uma roseira
Tu és uma rosa em botão,
A cheirar bem à sexta-feira
Com ternura e emoção.
Desculpem a minha ousadia
Se para vós é uma canseira,
Terem que aturar a minha poesia
Quando chega a sexta-feira.
Será que sou uma gralha,
A cantar para quem trabalha,
A fazer grande algazarra
Poeta a imitar a gralha??
Não! Estou aqui de boa intenção.
Quem não tem nada para fazer,
Faz e come colheres de pão.
Eu estou a aprender a escrever
E também para me entreter
Lembro-me de quem tenho no coração.
Tenho quem gosta de mim
E quem sempre me respeitou,
Sou uma espécie de jardim
A cheirar a alecrim
Para quem com respeito me tocou.
Para quem me faz mal
Quando perto de mim passa
Sou um pouco como a margaça,
Também fico a cheira mal
Não sou perfeito afinal.
Prontos amigos (as) hoje é sexta-feira
Sorriam e sejam felizes,
Façam deste fim-de-semana
Uma bela brincadeira.
Um abraço,
 
Aires Plácido

 

 

publicado por Marisa às 12:55

link do post | comentar | favorito
|

Anjo da Guarda

 

Visita de seu Anjo

Só passei para saber ...
da vossa saúde esperando
sempre que estejam bem,
da tua casa rezando
para que estejam em Paz,
da tua família esperando
que estejam em harmonia,
do teu trabalho desejando
um enorme progresso,
dos teus problemas mais bobos
almejando uma solução,
das tuas finanças aspirando
que prosperem,
da tua vida sentimental torcendo
para que tenham um amor,
das tuas preocupações pedindo a
DEUS que encontrem tranqüilidade,
se te sentes só tomara
que percebas que estou sempre aqui,
se te sentes em total abandono quero
que encontres apoio ,
Só passei para te desejar, para vos desejar, para me desejar  .....
Bom dia...
Boa tarde...
Boa noite....
E para que saibam que estarão
sempre acompanhados (as)
pelo bom pensamento .
E se ainda assim tudo te parecer escuro
e sentires que nada posso fazer,
Saibas assim mesmo que sempre
rezarei por todos!
até sempre.....

(Teu Anjo da Guarda)


publicado por Marisa às 02:14

link do post | comentar | favorito
|

Dia de Hoje

 

 

publicado por Marisa às 01:19

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2007

Para quem gosta

 

Dulce Pontes e Andrea Bocelli

http://dulcepontes.net/fotos/downloads/O_mare_e_tu.wmv

 

 

 

publicado por Marisa às 07:57

link do post | comentar | favorito
|

Amizade

 

A M I Z A D E
 
 
Quem pode viver sem amizade,
Se viver sem amizade é vegetar:
-É estar num outro mundo, isolado?...
 
Amizade é saber conjugar o verbo amar. 
E quem não ama, não pode ser amado!
Não ter amigos, é parar no calendário...
 
Sem amizade é morrer, é ficar só
Num outro mundo apenas seu e solitário!
Amizade quando existe e é sentida
É dar vida à própria vida!
 
É compartilhar, é dividir,
É consolar alguém que chora... 
É ser pessoa humana, é ser gente,
É estar presente e nunca ir embora
Se alguém me chama...
Triste ou contente!
 
Ter amigos, é ser feliz, porque se sente
Que alguém gosta da gente! 
É saber escutar alguém,
É ter d’alguém o desejo e a saudade!
É saber amar e repartir!...
É isto, sim, que eu chamo de “AMIZADE”!..
 
*
(Fernando Reis Costa)
 
publicado por Marisa às 01:08

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2007

Mulher de 40

 

 Sorriso bonito, olhar de quem sabe
 
 Um pouco da vida
 
 Conhece o amor e quem sabe uma dor
 
 Guardada escondida
 
 Por experiência, sabe a diferença
 
 De amor e paixão
 
 O que é verdadeiro, caso passageiro
 
 Ou pura ilusão
 
 
 
 É jovem bastante, mas não como antes
 
 Mas é tão bonita
 
 Ela é uma mulher que sabe o que quer
 
 E no amor acredita
 
 
 Não quero saber da sua vida, sua história
 
 Nem do seu passado
 
 Mulher de quarenta, eu só quero ser
 
 O seu namorado
 
 
 Não quero saber da sua vida, sua história
 
 Nem do seu passado
 
 Mulher de quarenta, eu só quero ser
 
 O seu namorado
 
 
 
 Se ela se distrai e uma lágrima cai
 
 Ao lembrar do passado
 
 Seu olhar distante vai por um instante
 
 A um tempo dourado
 
 
 Retoca a maquiagem, cheia de coragem
 
 Essa mulher bonita
 
 Que já não é menina mas a todos fascina
 
 E a mim, me conquista
 
 
 
 Não quero saber da sua vida, sua história
 
 Nem do seu passado
 
 Mulher de quarenta, eu só quero ser
 
 O seu namorado
 
 
 Não quero saber da sua vida, sua história
 
 Nem do seu passado
 
 Mulher de quarenta, eu só quero ser
 
 O seu namorado
 
 
 
 Retoca a maquiagem, cheia de coragem
 
 Essa mulher bonita
 
 Que já não é menina mas a todos fascina
 
 E a mim, me conquista
 
 
 Não quero saber da sua vida, sua história
 
 Nem do seu passado
 
 Mulher de quarenta, eu só quero ser
 
 O seu namorado
 
 
 
 Não quero saber da sua vida, sua história
 
 Nem do seu passado
 
 Mulher de quarenta, eu só quero ser
 
 O seu namorado

 
 
 Não quero saber da sua vida, sua história
 
 Nem do seu passado
 
 Mulher de quarenta, eu só quero ser
 
 O seu namorado
 
 
 
 
 

  Roberto Carlos
 
 
 

publicado por Marisa às 22:55

link do post | comentar | favorito
|

Recordando Elvis

 

 

Always On My Mind
 
 
Esta música foi composta por Elvis para a sua mulher Priscilla Presley...pelo tanto que ele a fez sofrer, pelo tanto que ele a fez chorar...por suas traições, pelos seus descompassos, por sua loucura e por sua auto-destruição...porque existem homens que machucam, mas que se ferem tanto quanto aquelas que ele cortou...
Não falo daqueles que sempre fazem e vivem pedindo desculpas, falo daqueles que cometem erros e que sabem tirar uma lição amarga de cada um deles...
Talvez uma das frases mais duras para um homem que maltratou uma mulher seja:
 Porque você nunca sabe o que tinha realmente nos braços até o dia que perdeu..até o dia que percebe que tinha a felicidade em suas mãos e a deixou escapar pelo vão dos próprios dedos”
É nessa hora que as “fichas caem” e que você descobre que não tem ninguém para culpar...
A grandeza de quem erra,reconhece seu erro e pede perdão para quem prejudicou, pode ser muito maior do que daquele que faz tudo certo só por medo de errar...
Sempre soube que o mel de quem trai a si mesmo tem um gosto dulcíssimo no começo, mas no fim seu gosto é tão azedo quanto o mais amargo fel que sua boca pudesse provar.
Se Elvis tivesse dado mais uma olhada nessa música antes de tomar aquela dose de droga que o matou, talvez ele ainda estivesse vivo...
 
**Texto de André Luiz Aquino**
 
 
Tradução
 
Always On My Mind
"Sempre Em Minha Mente"
 
 
MAYBE I DIDN'T LOVE YOU QUITE AS GOOD AS I SHOULD HAVE
    Talvez eu não te amei tão bem quanto devia

    MAYBE I DIDN'T HOLD YOU QUITE AS OFTEN AS I COULD HAVE
    Talvez eu não te abracei tantas vezes quanto poderia fazer

    LITTLE THINGS I SHOULD HAVE SAID AND DONE
    Pequenas coisas que eu deveria ter dito e feito

    I JUST NEVER TOOK THE TIME
    Eu nunca aproveitei a oportunidade

    YOU WERE ALWAYS ON MY MIND
    Você sempre esteve em minha mente

    YOU WERE ALWAYS ON MY MIND
    Você sempre esteve em minha mente

    MAYBE I DIDN'T HOLD YOU ALL THOSE LONELY, LONELY TIMES
    Talvez eu não te abracei em todas aquelas horas solitárias, horas solitárias

    AND I GUESS I NEVER TOLD YOU, I,M SO HAPPY THAT YOU'RE MINE
    E eu acho que nunca disse a você ... eu sou tão feliz porque você é minha

    IF I MADE YOU FEEL SECOND BEST
    Se eu fiz você se sentir em segundo plano

    I'M SORRY, I WAS BLIND
    Desculpe-me, eu estava cego

    YOU WERE ALWAYS ON MY MIND
    Você sempre esteve em minha mente

    YOU WERE ALWAYS ON MY MIND
    Você sempre esteve em minha mente

    TELL ME, TELL ME THAT YOUR SWEET LOVE HASN'T DIED
    Diga-me, diga-me que seu doce amor nunca morreu

    GIVE ME, GIVE ME ONE MORE CHANCE TO KEEP YOU SATISFIED
    Dê-me, dê-me mais uma chance de mantê-la satisfeita

    IF I MADE YOU FEEL SECOND BEST
    Se eu a fiz sentir em segundo plano ...

    I'M SORRY, I WAS BLIND
    Desculpe-me, eu estava cego

    YOU WERE ALWAYS ON MY MIND
    Você sempre esteve em minha mente

    YOU WERE ALWAYS ON MY MIND
    Você sempre esteve em minha mente...
O conteúdo deste post (excepto as fotos- que são minhas), chegou-me através do nosso amigo "Nandus"
publicado por Marisa às 21:19

link do post | comentar | favorito
|

Hoje há Ensaio

 

 

 

HOJE HÁ ENSAIO

publicado por Marisa às 21:14

link do post | comentar | favorito
|

Cantar as Janeiras

 

 

 

publicado por Marisa às 21:06

link do post | comentar | favorito
|

Que tal um cafézinho?

 

 

 

publicado por Marisa às 07:15

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 16 de Janeiro de 2007

Boa Noite

 

 Para iluminar a nossa noite!
 um céu estrelado...
 Enquanto uns anjos dormem,
 outros velarão nosso sono,
 e darão um colorido especial
 aos nossos sonhos.
 
 Lembrarei todos em minhas orações
 e com muito carinho
 desejo uma
 
 B o a    N o i t e!

publicado por Marisa às 21:43

link do post | comentar | favorito
|

Ordem do Dia

 

Ordem do Dia


Não chegaremos ao livro, sem o leite e o pão,
nem chegaremos ao pão sem a terra e sem teto,
nem chegaremos à terra sem liberdade e justiça
nem chegaremos à liberdade sem coragem e honestidade,
oh! a indispensável coragem para a
nossa luta.

Lutemos, pois - todos nós - brancos, pretos e amarelos,
que choramos e comemos, que crescemos e estudamos,
que sofremos e construímos, como homens sem cor,
todos nós que precisamos do mesmo leite branco
e do mesmo livro, e da mesma terra, e da mesma liberdade
para viver.

Viver. Ou ao menos, morrer, mas lutando.


( Poema de JG de Araujo Jorge extraído
do livro Estrela da Terra - 1947 )

 

publicado por Marisa às 01:06

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Janeiro de 2007

Tesouro

 

 

QUEM TEM UM AMIGO

MAS AMIGO DE VERDADE

ESTÁ SEMPRE DE BEM CONSIGO

NUMA E QUALQUER IDADE

UM AMIGO DO CORAÇÃO

 FAZ-NOS SEMPRE SENTIR BEM

É COMO ESTENDER A MÃO

A UM QUALQUER ZÉ NINGUEM

 SE ASSIM ME CONSIDERAS

COMO UMA JOIA DE OURO

OLHA QUANTO TU PERDERÁS

EM NÃO ENCONTRARES UM TESOURO

Fernando Peixoto

publicado por Marisa às 13:37

link do post | comentar | favorito
|

Boa Semana

 

 

publicado por Marisa às 07:33

link do post | comentar | favorito
|

Os homens e as doenças

A gripe e os homens...!

Pachos na testa, terço na mão,
Uma botija, chá de limão,
Zaragatoas, vinho com mel,
Três aspirinas,. creme na pele
Grito de medo, chamo a mulher.
Ai Lurdes que vou morrer.


Mede-me a febre, olha-me a goela,
Cala os miúdos, fecha a janela,
Não quero canja, nem a salada,
Ai Lurdes, Lurdes, não vales nada.
Se tu sonhasses como me sinto,
Já vejo a morte nunca te minto,
Já vejo o inferno, chamas, diabos,
anjos estranhos, cornos e rabos,
Vejo demónios nas suas danças
Tigres sem listras, bodes sem tranças
Choros de coruja, risos de grilo

Ai Lurdes, Lurdes fica comigo
Não é o pingo de uma torneira,
Põe-me a Santinha à cabeceira,
Compõe-me a colcha,
Fala ao prior,
Pousa o Jesus no cobertor.

Chama o Doutor, passa a chamada,
Ai Lurdes, Lurdes nem dás por nada.
Faz-me tisanas e pão de ló,
Não te levantes que fico só,
Aqui sózinho a apodrecer,
Ai Lurdes, Lurdes que vou morrer.

Escrito por um homem  ANTÓNIO LOBO ANTUNES e foi enviado por outro homem Aires Plácido. Eles bem sabem a "peste que são". Deus nos livre de homens doentes.


publicado por Marisa às 01:33

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 14 de Janeiro de 2007

Olá José Leal, Naima, Nancy e Carla

 

 

Obrigado pelo comentário e já vi que o Salvador, mesmo longe, já arranjou mais amigos para a Matriz. Força aí amigo, que nós aqui, vamos estar sempre à espera de notícias.

Para agradecer o comentário de novos amigos aqui ficam algumas assinaturas, esperando que visitem sempre o nosso blog .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

, sem esquecer , é claro , o

 

publicado por Marisa às 23:20

link do post | comentar | favorito
|

Se eu pudesse

 

Se eu pudesse...
 
"Se eu pudesse deixar algum presente a você,
deixaria aceso o sentimento de amar
 a vida dos seres humanos.
A consciência de aprender tudo
 o que foi ensinado pelo tempo a fora.
Lembraria os erros que foram cometido
s para que não mais se repetissem.
A capacidade de escolher novos rumos.
Deixaria para você, se pudesse,
o respeito àquilo que é indispensável:
Além do pão, o trabalho.
Além do trabalho, a ação.
E, quando tudo mais faltasse, um segredo:
O de buscar no interior de si mesmo
 a resposta e a força para encontrar a saída."
 Gandhi
publicado por Marisa às 02:17

link do post | comentar | favorito
|

Invejo-te Lisboa

Invejo-te, Lisboa!

Tivesse eu, as tuas luzes, o teu brilho
fizesse morada em meu coração
tua candura de mulher, moça, menina
a distância contra mim, nada poderia...

Invejo-te, Lisboa!
Com tua toalha estendida à beira-mar
sendo despida por mãos tão queridas
em casas e castelos que fazem tua vida...

Invejo-te sim, no fado que me embala
nas luzes que me banham a saudade
na ânsia dessa imensurável vontade
de estar em ti...

Dividir contigo tua magia, na rua
na janela que esconde mil amores
nas praças e castelos, ao vento
podendo unir-me a alguém...

Que tem a posse do meu pensamento
sem se esforçar para isso, sem querer
apenas porque existe e vê tuas luzes
que eu não posso ver...


Tere Penhabe
Santos, 06.11.2006
www.amoremversoeprosa.com

Poema enviado pelo nosso amigo "Nandus", acompanhado de um fado como música de fundo. Eu confesso que fado não é o meu forte, mas que de vez em quando até sabe bem ouvir. Obrigado Fernando.


publicado por Marisa às 00:14

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 13 de Janeiro de 2007

Desejo que sejas feliz

 

Desejo que em tua vida...

Não exista cara feia,
Não exista bolso furado,
Não exista vida apressada,
Muito menos grãos de areia.

Não exista tempo fechado,
Não exista problema dobrado,
Não exista sonho frustrado,
Muito menos amor acabado.

Não exista amigo esquecido,
Não exista negócio falido,
Não exista boato mexido,
Muito menos dinheiro sumido.

Não exista tempo nublado,
Não exista ambiente abafado,
Não exista corpo dobrado,
Muito menos bom senso abalado.


Não exista mágoa engolida,
Não exista emoção reprimida,
Não exista alma sofrida,
Muito menos felicidade perdida.


Só desejo que sejas feliz!
adaptado do Portal Angels
publicado por Marisa às 01:13

link do post | comentar | favorito
|

Agenda 2007

 

No site do rancho Tricanas do Cidral http://ranchotricanascidral.no.sapo.pt 

já está pronto o acesso á Agenda de 2007 http://cidral2007.no.sapo.pt

 

Claro que para já, poucas são as actuações que confirmei, mas vão visitando, que vai estar em permanente actualização. Sempre que houver nova confirmação lá estará. Também podem aproveitar e dizer se gostam do visual da agenda de 2007, e até dar sugestões para os fundos das páginas das próximas actuações. Não se esqueçam que na Agenda, clicando na actuação, abre nova página, onde já estão as datas e após as actuações, estarão as respectivas fotos.

publicado por Marisa às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2007

São Rosas, São Cravos e agora...Papoilas!!!

 

Parecem Papoilas saltitantes
A enfeitar a nossa capital,
São as lindas Tricanas
Do Rancho Tricanas do Cidral.

Deram colorido à cidade
Com as suas lindas cores,
Lisboa já tem saudades
Desses seus lindos amores.

Alegres e sorridentes
A dar vida ao jardim,
estiveram também os homens
Que vieram com elas da Póvoa de Varzim.

12.01.2007 Aires Plácido

 

publicado por Marisa às 23:51

link do post | comentar | favorito
|

Sexta Feira

 

Sexta-feira 12.01.2007

Esta sexta feira 12.01.2007
Pela luz que entra pela fisga da janela
Muito promete, muito promete.

Se não forem só promessas...
O sol é capaz de oferecer este fim-de-semana,
Já um belo passeio à beira mar.

Ou então, aproveitem e vão ao campo
Que já está verdejante e florido.
Desfolhem um malmequer
Ficam a saber se lhes quer bem
Quem trazem dentro do peito.

Também há malmequeres mentirosos...
Temos que desfolhar mais do que um,
Muito mal estamos de amores
Se o bem não está em nenhum.

Vamos beijar, beijar!
E sorrisos nunca são demais,
Fazem bem à alma, e é o melhor tonificante
Para recuperar a sombra dos dias de semana...

Ou ainda confortavelmente bebendo
Uma bebida, que foi previamente rodada no copo de cristal
Até aromas penetrarem na mente.
Ouvindo musica a gosto de cada um.
Desde Wagner ao nosso Malhoa.
Divirtam-se e sejam criativos...


Um abraço,
Aires Plácido

publicado por Marisa às 18:26

link do post | comentar | favorito
|

Que diferença

 

O nosso amigo Aires Plácido, no seu poema anterior, diz que Lisboa é linda. Linda mesmo, ficou Lisboa, quando o Rancho Tricanas do Cidral lá foi. Ora relembrem esta foto e digam se o colorido não é outro quando estamos presentes!!!! Se a paisagem não é muito mais agradável, quando o nosso vermelho e branco aparece!!! E o Rancho não estava trajado, era só o vermelho e branco que todos fazem questão de usar.

publicado por Marisa às 13:01

link do post | comentar | favorito
|

Lisboa

 

LISBOA - LINDA!!!!



Lisboa as tuas colinas
Têm no peito um desejo,
Paixão de lindas meninas
Olhando o seu rio Tejo.

Lisboa sempre prendada
Lisboa sempre atraente,
És uma fada encantada
A sorrir para toda a gente.

Lisboa não é de ninguém
É de todos afinal,
QUEM NO CORAÇÃO A TEM
O nosso lindo Portugal


11.01.2007 Aires Plácido

publicado por Marisa às 12:52

link do post | comentar | favorito
|

Força e Coragem

 

FORÇA E CORAGEM
 
É preciso ter força para ser firme,
mas é preciso coragem para ser gentil.

É preciso ter força para se defender,
mas é preciso coragem para baixar a guarda.

É preciso ter força para ganhar uma guerra,
mas é preciso coragem para se render.

É preciso ter força para estar certo,
mas é preciso coragem para ter dúvida.

É preciso ter força para manter-se em forma,
mas é preciso coragem para ficar de pé.

É preciso ter força para sentir a dor de um amigo,
mas é preciso coragem para sentir as próprias dores.

É preciso ter força para esconder os próprios males,
mas é preciso coragem para demonstrá-los.

É preciso ter força para suportar o abuso,
mas é preciso coragem para fazê-lo parar.

É preciso ter força para ficar sózinho,
mas é preciso coragem para pedir apoio.

É preciso ter força para amar,
mas é preciso coragem para ser amado.

É preciso ter força para sobreviver,
mas é preciso coragem para viver.

Se  sentes que te faltam a força e a coragem,
queira Deus que o mundo te possa abraçar hoje
com calor e amor !

E que o vento  possa levar uma voz que  te diz
que há um Amigo, vivendo em qualquer lado do Mundo,
desejando que estejas bem.
publicado por Marisa às 06:09

link do post | comentar | favorito
|

Boa Viagem e Muita...Muita Sorte

 

Para a  

 

Para o e Para a que ficam conosco, mas

sabemos que estão tristes

 

Para o que vai hoje iniciar uma

nova etapa na sua vida, desejo

 

 

Muita....Muita sorte!!!

 

 

 

e não só meu, mas do Mário, do João Vítor, da Associação da Matriz e do Rancho Tricanas do Cidral

 

 

Todos torcemos por ti.

publicado por Marisa às 01:12

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Um passarinho contou-me

Um Passarinho contou-me....

 
Um passarinho lindo.... passou por aqui e  falou de um alguém sempre tão presente, para o qual a distância nada quer dizer.
 
Falou-me de alguém para quem o meu sorriso é item imprescindível na cesta básica de sua alegria.
 
Alguém que divide comigo o pranto das horas difíceis, a felicidade da descoberta, as horas de insónia, as aflições, os problemas.
 
Mas também as conquistas, as vitórias, as gargalhadas.
 
O passarinho falou-me de alguém muito especial, que sonha os meus sonhos, e dá vida às minhas certezas...
 
Sempre o primeiro a chegar, sempre o último a sair. Alguém para emprestar um pouco de brilho ao meu dia e uma brisa suave ao meu verão.
 
Falou de alguém que me completa, me enriquece, me escuta, me reanima e para o qual vai sempre meu melhor desejo, pensamento, sorriso...
 
O pássaro disse que a esse alguém eu chamo de ...
amigo(a) !!!
 
Foi então que corri para o computador e resolvi  mandar esta mensagem, para dizer ...
 
que um pássaro lindo, passou por aqui e me falou de ti, de ti e de ti, de todos vós...
 
Obrigada por serem meus(minhas) amigos(as)!!!

 



publicado por Marisa às 00:11

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2007

Sejam Bem Vindos

 

                                               e                      

É com alegria que dou as Boas Vindas a 2 novos elementos, desejando que se adaptem rápidamente e  que fiquem para sempre no nosso convívio e se sintam felizes e realizados.

 

 

 

 

 

publicado por Marisa às 12:41

link do post | comentar | favorito
|

Sorria, seja feliz

 

 

 

publicado por Marisa às 01:39

link do post | comentar | favorito
|

Vocês Merecem

 

 

 

publicado por Marisa às 01:29

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2007

E comentários?

 

Como é, deu a preguiça em todo o mundo?

 

publicado por Marisa às 18:21

link do post | comentar | favorito
|

Começar Outra Vez

 

Pois é, passou o Natal, deixamos o Ano Velho, já estamos a curtir o Ano Novo e finalmente!!!, começam hoje os ensaios.

Espero que voltem todos com muita força e coragem para ensaiar os novos números e claro, alguns dos antigos também, pois devo dizer-vos que já tenho algumas actuações agendadas e que em breve, após os contratos confirmados e assinados, irei colocar no site do rancho Tricanas do Cidral http://ranchotricanascidral.no.sapo.pt  o link para um novo site que será integralmente dedicado à nova agenda de 2007 http://cidral2007.no.sapo.pt (em construção)   e conforme forem entrando mais confirmações procedo a actualizações. Como sabem, após cada actuação, publico nesse site as fotos do espectáculo, da viagem, do convívio. Espero, tal como nos anos anteriores, ter muitas e felizes recordações para publicar. 

E é claro, que também vou publicar aqui algumas fotos, para que mais rápidamente as possam ver.

Mais uma vez, eu peço a todos e antecipadamente agradeço a maior boa vontade, bom humor e muita, muito amor e carinho para representar o Rancho Tricanas do Cidral e a Associação Cultural e Recreativa da Matriz, nesta época que se inicia e que tenho a certeza será recheada de momentos muito divertidos e exibições espectaculares.

Aproveito para convidar todos que a nós se queiram juntar e dizer que serão Bem Vindos e para fechar e em jeito de brincadeira, mas muito a sério eu digo:

Ou seja, com o Rancho das Tricanas do Cidral, todos são bem vindos, contra nós, acreditem, não é fácil.

 

 

publicado por Marisa às 18:04

link do post | comentar | favorito
|

Olá

 

 

 

 

 

 

publicado por Marisa às 06:53

link do post | comentar | favorito
|

Olá

 

Olá amigo! Olá Amiga!

Você tem uma grande responsabilidade para com o mundo.

Passe sempre mensagens positivas em suas ações e pensamentos, e terá de volta a sua  recompensa positiva.

A verdadeira felicidade é a capacidade desenvolvida ao longo do tempo e com a prática de irradiar energia positiva, independente das circunstâncias.

 

publicado por Marisa às 02:53

link do post | comentar | favorito
|

Escrevo???

 

 

 

Porque Escrevo?

 

 

 

 

Ontem, ao mundo eu disse poesias,
Daquelas que em si a si mesmas definem
E que na alma o silêncio imprimem:
Metade em respeito que já se esquecia,
Metade em resposta a uma rima vazia!


Na seqüência dos versos eu vou me relendo:
"- Quem é o autor dessas letras tão pobres?"
"- Das rimas? Do som dedutível das vozes?"
"- Quem construiu tal poema tremendo?"
"- Calando e dizendo, calando e dizendo...?"


Então vejo o poema por mim assinado,
E mais do que os versos, o número espanta:
"- Um cento de textos é comemorado?"
"- Ou nem merecia sequer ser citado?"
Se boa ou terrível, a poesia é tanta
Que em vergonha e em louvor eu me vejo calado.


Centenas de versos, transborda um amor
Que inspira dos textos tamanha remessa;
Transbordam amigos do lado amador
Que sustentam o vício deste escritor;
E ao Deus que dará tudo aquilo que eu peça.

AD

publicado por Marisa às 01:49

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Janeiro de 2007

O que dizem sobre as pedras

 

O QUE DIZEM SOBRE AS PEDRAS


Dizem que as pedras falam
e se entristecem, se calam
quando seres desalmados
querem tirá-las de lá.
 
De onde nasceram e ficaram
enraigadas na encosta
onde a água cristalina
corre lhe fazendo cócegas.
 
Dizem que as pedras riem
quando um par de namorados
usam-nas sem as ferirem
para um beijo demorado.
 
Dizem que as pedras cantam
como se elas fossem pássaros
e crescem e se agigantam
dando ao mundo seus abraços.
 
Dizem que as pedras amam
se emocionam, se apaixonam
dizem que as pedras se tocam
como se fossem humanas.
 
Dizem que as pedras nos olham
com uma lágrima a rolar
quando nossos pés escolhem
onde é que devem pisar...

 
(Tere Penhabe)        
 Itanhaém, 25.03.2003
                   www.amoremversoeprosa.com
Retirado de http://ventosquepassam.com.br , do nosso amigo "Nandus"
 
publicado por Marisa às 12:57

link do post | comentar | favorito
|

Senhora de Mim

 

 

Senhora De Mim Mesma .


Não quero que
a casa me governe,
mas
quero governar minha casa.

Não quero a eficiência do detergente,
mas as borbulhas de cores.

Não quero pisos brilhantes,
quero uma pele resplandecente.

Não quero porcelanas e marfins,
quero carícias suaves.

Não quero os luxos orientais,
quero as mil e uma noites.

Não quero quadros valiosos,
quero retratos em minha alma.

Não quero cozinhas sofisticadas,
quero poros temperados.

Não quero um dormitório Luiz XV,
quero um autêntico leito matrimonial.

Não quero móveis de categoria,
quero a criatividade e a sabedoria.

Não quero as plantas artificiais,
quero as flores a cada dia.

Não quero lençóis bordados,
eu os quero adornados apaixonadamente.

Não quero os chinelos ao pé da minha cama,
quero os pés descalços na alvorada.

Não quero « rolos » , ao me deitar,
mas sim sonhos cacheados.

Não quero cremes rejuvenescedores,
mas rugas de emoção.

Não quero tapetes maravilhosos,
mas cenas de pôr-do-sol.

Não quero jóias valiosas,
quero alianças indestrutíveis.

Não quero palavras ocultas,
quero
diálogos refrescantes.

Não quero ser :
"senhora"
e sim :

"senhora de"  :

"Senhora de mim mesma"
publicado por Marisa às 02:08

link do post | comentar | favorito
|

Pai Natal????

 

Sabe por que Pai Natal não existe?

Porque é homem.

Dá para acreditar que um homem se vai preocupar em escolher o presente de cada pessoa da família, ele que nem compra as próprias meias?

Que vai carregar nas costas um saco pesadíssimo, ele que reclama até para colocar o lixo no corredor?

Que toparia usar vermelho dos pés à cabeça, ele que só abandonou o castanho depois que conheceu o azul-marinho?

Que andaria num trenó puxado por renas, sem ar-condicionado, direção hidráulica e air-bag?

Que pagaria o mico de descer por uma chaminé para receber em troca o sorriso das criancinhas?

Ele não faria isso nem pelo sorriso da Luana Piovani!

A Mãe Natal, sim, existe.

O Pai Natal ainda está de ressaca no Dia de Reis.

Quem enche o frigorífico de cerveja, coca-cola e champanhe?

Quem providencia o peru, o arroz de sangue, o sarrabulho, as castanhas, a musse de atum, as lentilhas, os guardanapinhos decorados, os cálices lavadinhos, a toalha bem passada e ainda se lembra
de deixar algum disco meloso à mão?

Quem se lembra de dar uma prendinha para o zelador, o
porteiro, o carteiro, o entregador de jornal,
o cabeleireiro, a empregada doméstica?

Quem compra o presente do amigo-secreto
do escritório do Pai Natal?

Deveria ser o próprio, tão magnânimo,
mas ele não tem tempo para essas coisas.

Anda muito requisitado como garoto-propaganda.

Enquanto o Pai Natal 

distribui beijos e pirulitos bem acomodado em seu trono no shopping,
quem entra em todas as lojas, pesquisa todos os preços,
carrega sacas e sacas, confere listas, se lembra da sogra, do
sogro, dos cunhados, dos irmãos,
entra no cheque especial, deixa o carro ao sol e chega a casa sofrendo porque comprou
os mesmos presentes do ano passado?

Por trás do protagonista desse megaevento chamado Natal,
 existe alguém
 em quem todos deveriam acreditar mais.

Um grande abraço : Mãe Natal !

Que nunca sejas descriminada na família,
no teu local de trabalho,
no nosso País.
publicado por Marisa às 02:01

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2007

Feliz Aniversário

 

E como o poema antes publicado me diz que o nosso amigo Aires Plácido faz hoje anos, aqui fica a nossa prenda para ele, que tanto tem colaborado com o nosso blog. Bem haja e tenha um dia feliz.

 

 

 

publicado por Marisa às 18:42

link do post | comentar | favorito
|

Hoje Tenho Saudades

 

Hoje tenho saudades



Hoje tenho saudades tuas
Recordei a casa onde nasci,
Faz anos hoje aquele dia
Que fui alegria para ti.

Quis vir com os pés à frente
Não fui bonzinho ao nascer,
Sabe-se lá porque razão
Quis essa partida fazer.

Hoje sou criança, o meu pensamento
Está a brincar contigo
Por um breve momento
Toquei Papoila no trigo...

Hoje sou criança o meu pensamento vai
Para os dois que tanto amei
Quem do meu coração nunca sai.

Se um dia for poeta
Hei-de fazer para os dois um poema,
Para trazer no meu coração
Com as saudades que tenho dos dois como tema.


08.01.2007 Aires Plácido


publicado por Marisa às 18:30

link do post | comentar | favorito
|

Os não ditos

Os não ditos  ... !


As palavras às vezes
cortam como uma faca
e de maneira irrefletida
ferimos os outros,
mesmo se os amamos,
sem que haja retorno.
 
 Conscientes disso é que
 em muitos dos casos,
nos calamos,
 quando tudo o que pensamos e sentimos nos queima por dentro.

Essas coisas são os não ditos das relações e da vida.

As palavras que não dizemos, mas não enterramos também, estão sempre entre nosso coração e
nossa garganta e nos ferem interiormente.
 
 São opções que fazemos, seja para não machucar
outras pessoas, seja, simplesmente, pela falta de coragem de sermos nós, inteiros e límpidos.

A comunicação é a base de todo relacionamento saudável.
Pessoas que se amam, que seja na amizade,
no amor ou nas relações familiares,
devem estar prontas
para serem quem são,
para perdoar e receber perdão.

Não nos calaríamos tanto se soubéssemos
 que o outro nos ouviria com a alma,
nos entenderia e continuaria
a nos amar, apesar de tudo.
 
Mas as pessoas,
por mais maduras que pareçam,
 nem sempre estão prontas
para ouvir as verdades, se essas forem doloridas.
Assim são criadas as relações superficiais,
onde pensamos tanto e falamos de menos, onde sentimos e sufocamos.

Nos falta um pouco de humildade
para aceitar nossa imperfeição,
aceitar que o outro possa não gostar
de algo em nós e ter o direito de dizê-lo.
 
Nos falta a ousadia de sermos nós, sem essa máscara que nos
torna bonitos por fora e doentes por dentro.

A comunicação na boa hora,
com as palavras escolhidas e certas,
 concertaria muitos relacionamentos,
sararia muitas almas, tornaria as pessoas mais verdadeiras e mais bonitas.

Sabemos que
 as pessoas nos amam,
 quando nos conhecem profundamente,
intimamente
 e
continuam nos amando.
 
Quando com elas temos
 a liberdade e coragem
de dizer:
 
isso eu sinto, isso eu sou.


 
*  Letícia Thompson   *
publicado por Marisa às 01:55

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 7 de Janeiro de 2007

Cidral Ensemble

 

Criado em 2002 por iniciativa do Pelouro da Cultura da Associação Cultural e
Recreativa da Matriz da cidade da Póvoa de Varzim, inicialmente chamado por
"Quinteto Sinfónico" o Cidral Ensemble compõe-se de um grupo de jovens
músicos, aos quais se vêm juntar, mediante as necessidades do repertório,
outros elementos, com o objectivo de se dedicar à interpretação de todo o
tipo de música clássica e música tradicional da Póvoa de Varzim.
Tiago André Pereira no violino, Fátima Lopes na flauta transversal, Célia
Lopes no clarinete, Ruben Teixeira no trompete, Jorge Nogueira no fagote e
Susana Lino no piano, constituem a sua formação base.

publicado por Marisa às 00:53

link do post | comentar | favorito
|

Coral Corama

 

O Coral CORAMA iniciou a sua actividade em Janeiro de 2004 e propõe-se realizar
um trabalho coral com composições clássicas e populares do " Bairro da
Matriz " e da Cidade da Póvoa de Varzim.

Este coro está integrado num dos projectos que a Associação Cultural e
Recreativa da Matriz leva a cargo tendo como objectivo, o enriquecimento da
cultura da população do seu Bairro, e da Cidade da qual faz parte.

Teve a sua primeira apresentação pública na 18ª Gala de Aniversário da
A.C.R. Matriz, com a direcção musical de Tiago André Pereira, tendo sido
muito bem acolhido pelo público e pela crítica nos concertos já efectuados.

Participou num encontro de coros do movimento " Encontro pela Paz 2005 "
realizado pela Câmara Municipal da Póvoa de Varzim.

 

 

 

publicado por Marisa às 00:49

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 6 de Janeiro de 2007

250 Anos da Igreja Matriz

 A Póvoa assistiu hoje a um verdadeiro retornar no tempo e desde já os meus parabéns a quem se propôs esta iniciativa.

Foi realmente, para quem assistiu, e era muita gente a assistir, uma verdadeira prenda dos Reis Magos.

E passo a explicar, utilizando o ínicio do livro distribuido durante a procissão Eucarística, e ilustrando depois com algumas das muitas fotos que tirei. Mas podem crer, valeu a pena assistir.

 

----------------------------------------

A  Igreja Matriz iniciou as comemorações dos seus 250 anos com uma procissão Eucarística, que tentou ser uma cópia fiel da que se realizou no dia 6 de janeiro de 1757.

"Para o dia 6 de Janeiro de 1757 - annos prepararm um solemnissima procissão em que com toda a pompa e magnificência foram conduzidas do antigo templo do ermo para o novo fabricado entre o povo, as Santas Imagens que deviam sahir da antiga Matriz, e debaixo do palio o Santíssimo Corpo de Christo Sacramentado, e passando a procissão pelo terreiro de S. sebastião avistando a fortaleza d`esta villa salvou o rei dos reis com uma descarga da sua artilharia recebendo com a bandeira das reais armas e sagradas quinas, abatida, a bênção que o prestes deu à mesma fortaleza, prostado de joelhos o povo e clero ao cantar o Tantum ergo" ( Veiga Leal).

Todos os homens da Confraria , para além da opa, vestem de acordo com a época, séc XVIII.

"Usaram-se as casacas de veludo, lã e sêda, rodadas, com algibeiras de pastrana e botões de vidro e de metal, todas bordadas e recamadas de applicações, vestiam-se sobre o collete que descia até abaixo do ventre e era talhado largo, feito de setim bordado, de cores variegadas. as mangas de canhão, mais largas em baixo, armavam-se em arame.

A gravata "de garrote", de renda branca, sahia do collete. Segurava-o uma jóia, e os "bofes" acompanhavam-na. Os calções justos atavam-se sob o joelho, firmando-se lateralmente, primeiro por rosetas de fitas e depois por agulhetas. A meia era de seda branca ou de cor(...). O chapéu era o tricórnio..." (História do trajo em Portugal, Lello & Irmão - editores).

A procissão seguiu o mesmo percurso que em 1757, saiu da Misericórdia, percorreu a Rua Senhor do Monte, rua Fernando Barbosa, rua do Visconde, largo Eça de Queirós, Praça do Almada Norte, Praça do Almada Sul, Largo Eça de Queiros, rua do Cidral, Rua da Conceição e recolheu à Igreja Matriz.

Durante todo o percurso foi vista por imensas pessoas que se aglomeravam nos passeios e entre elogios e muita animação ( é que os figurantes, disseram-me que 270, trajados à época estavam o máximo), deram por muito bem aproveitada a tarde de sábado, tarde de Reis. De salientar também a presença das crianças das várias classes da catequese da Matriz, que com os seus cachecóis comemorativos davam um alegre colorido aos passeios da nossa cidade, onde aguardavam sentadas a passagem da procissão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Marisa às 19:45

link do post | comentar | favorito
|

Uma Estrela

 

 Uma estrela

Uma estrela foi caminho, foi guia foi destino,
Que os três reis magos seguiram
Para encontrar o menino.

A estrela foi a luz, foi caminho iluminado,
Para encontrarem o menino Jesus
Nas palhinhas deitado.

Foi grata a viagem que os três reis Magos
Belchior, Gaspar e Baltazar
Fizeram com muito esperança
Para visitar o menino, o Salvador.
Numa simples manjedoura deitado
De muito carinho e calor rodeado
Do mais nobre e belo amor.

Com amor deram presentes
Descansaram o olhar,
E sorriram de contentes
Numa noite de luar.


04.01.2007 Aires Plácido

publicado por Marisa às 01:09

link do post | comentar | favorito
|

Dia de Reis

 

Os Reis Magos


Diz a Sagrada Escritura
Que, quando Jesus nasceu,
No céu, fulgurante e pura,
Uma estrela apareceu.

Estrela nova ... Brilhava
Mais do que as outras; porém
Caminhava, caminhava
Para os lados de Belém.

Avistando-a, os três Reis Magos
Disseram: “Nasceu Jesus!”
Olharam-na com afagos,
Seguiram a sua luz.

E foram andando, andando,
Dia e noite a caminhar;
Viam a estrela brilhando,
sempre o caminho a indicar.

Ora, dos três caminhantes,
Dois eram brancos: o sol
Não lhes tisnara os semblantes
Tão claros como o arrebol

Era o terceiro somente
Escuro de fazer dó ...
Os outros iam na frente;
Ele ia afastado e só.

Nascera assim negro, e tinha
A cor da noite na tez :
Por isso tão triste vinha ...
Era o mais feio dos três !

Andaram. E, um belo dia,
Da jornada o fim chegou;
E, sobre uma estrebaria,
A estrela errante parou.

E os Magos viram que, ao fundo
Do presépio, vendo-os vir,
O Salvador deste mundo
Estava, lindo, a sorrir

Ajoelharam-se, rezaram
Humildes, postos no chão;
E ao Deus-Menino beijaram
A alava e pequenina mão.

E Jesus os contemplava
A todos com o mesmo amor,
Porque, olhando-os, não olhava
A diferença da cor ...

BILAC, Olavo. Poesias Infantis. RJ: Francisco Alves. 1929.

publicado por Marisa às 00:08

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Janeiro de 2007

Feliz Noite de Reis

 

 

 

 

 

 

Os Três Reis Magos são personagens da narrativa cristã que visitaram Jesus após seu nascimento. A Bíblia cita uns magos, que não eram reis e sim magos, sacerdotes ou conselheiros. Também não diz quantos eram, diz-se três pela quantia de presentes oferecidos. Estes tinham grande conhecimento dos astros, podendo ser astrólogos ou astrônomos, pois existem vários relatos de anúncios de nascimentos de reis pelas estrelas. Assim os magos seguiram a estrela e sabendo que se tratava do nascimento de um rei da Judéia, foram ao palácio no qual Herodes era o atual rei. Perguntando a ele sobre a criança no qual nada descobriram. O rei sentiu-se ameaçado e pediu aos magos que se o encontrasse,falasse a ele, pois iria adorá-lo também. Até que os magos chegassem ao local onde estava o menino,já havia se passado algum tempo, por causa da distância percorridas presume-se que seja num outro ano,prescisamente no dia 6 de Janeiro.

Estes magos ofereceram três presentes ao menino: ouro, incenso e mirra. Existem algumas teorias a respeito do significado destes presentes. O ouro pode representar sua posição de rei, ou então, pode ter sido providência divina para sua futura fuga ao Egito (quando Herodes manda matar todos os meninos até dois anos de idade). O incenso pode representar que Jesus seria um homem de oração, pois este produto era usado nos templos para simbolizar a oração que chega a Deus assim como a fumaça sobre ao céu (Salmos 141:2). A mirra é uma especiaria usada como analgésico, este presente no se remete à sua crucificação na qual Nicodemos oferece vinho misturado com mirra para aliviar as dores (Marcos 15:23).

Daí surgiu a tradição de presentear uns aos outros no Natal. Sendo que o primeiro presente foi o nascimento de Jesus para a salvação da humanidade.


Na tradição atual:

Os reis magos aparecem na tradição popular cristã e têm os nomes de Baltasar, Melquior (ou Belquior) e Gaspar.

Como se pretendia dizer que representavam os reis de todo o mundo, normalmente Gaspar é apresentado como negro, representando a África, mas também como rei da Índia; Melquior, rei da Pérsia; e Baltasar, rei da Arábia. Em hebreu, esses nomes significavam “rei da luz” (melichior), “o branco” (gathaspa) e “senhor dos tesouros” (bithisarea) representando as três raças existentes conhecidas.

A chegada dos reis magos corroboraria a profecia contida no Salmo 72: “Todos os reis cairão diante dele”.

 
Os três Reis Magos

Devemos aos magos a tradição de dar presentes no Natal. No ritual da antigüidade o ouro era o presente para um rei, o olíbano (incenso) para um religioso representando a espiritualidade e a mirra para um profeta (a mirra era usada para embalsamar corpos e, simbolicamente, representava a imortalidade). Melquior ofereceu ouro; Baltasar, incenso e Gaspar, mirra. Estes presentes confirmam o caráter de Jesus (rei, sacerdote e profeta) como símbolo do reconhecimento que aquela criança pobre que acabara de nascer haveria de se tornar um grande líder mundial e o salvador do mundo.

Baltazar que era o rei mago negro pois veio supostamente da Africa, Etiópia, pois trouxe incenso de presente. Gaspar trouxe mirra, certamente ele era da Pérsia ou Egito, dois lugares onde se trabalhava com este material principalmente quando se embalsamava alguém. Melchior ou Belchior trouxe ouro geralmente os adornos representam origem europeia.

Desde 1164, os restos mortais dos três reis estão numa urna de ouro na catedral de Colônia, em Köln.


publicado por Marisa às 17:19

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2007

Desapontado?

 

Desapontado?

Quando te encontras extremamente desapontado, e te parece que o mundo inteiro está contra ti, e tudo o que desejas é desistir, lembra-te  que existe uma maneira diferente de reagir.Podes resolver colocar esse desapontamento para trás  e seguir em frente, rumo ao melhor que ainda está por vir.

Se alguém te feriu e a dor é intensa, e tudo que  desejas é vingar-te, aparecendo-te a vingança como a melhor opção, lembra-te que existe uma outra maneira de sair dessa condição: podes redirecionar a tua energia negativa no sentido positivo, e produtivamente aprimorar a situação, em lugar de deteriorá-la ainda mais.

Quando te parece que a única alternativa é a derrota ou o fracasso, sempre existe uma outra perspectiva. Lembra-te de que é exatamente nos teus momentos mais difíceis que a graça, o amor, a misericórdia e a presença de Deus se revelam. É Ele que provê uma outra maneira.  Olha para Ele, levanta a cabeça, e um outro modo de ver se irá  descortinar diante de ti.

 

publicado por Marisa às 13:12

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Janeiro de 2007

Chapéu Violeta

 

Chapéu Violeta  

Aos 3 anos: ela olha para si mesma e vê uma rainha.
Aos 8 anos: ela olha para si mesma e vê uma Cinderela.
Aos 15 anos: ela olha para si mesma e vê uma coisa horrorosa. (mãe, eu não posso ir para a escola desse jeito!!!)
Aos 20 anos: ela olha prá si mesma e vê "muito gorda/muito magra, muito alta/ muito baixa, muito liso/muito encaracolado", mas decide que vai assim mesmo...
Aos 30 anos:ela olha prá si mesma e vê "muito gorda/muito magra,  muito alta/ muito baixa, muito liso/ muito
encaracolado", mas decide que não tem tempo para consertar essas coisas e então vai sair assim mesmo...
Aos 40 anos: ela olha prá si mesma e vê "muito gorda/ muito magra,muito alta/ muito baixa, muito liso/muito encaracolado", mas diz: pelo menos eu sou "limpa" e sai mesmo assim...
Aos 50 anos: ela olha prá si mesma e vê "eu sou" e vai prá onde ela bem entender...
Aos 60 anos: ela olha prá si mesma e se lembra de  todas as pessoas que não podem mais se olhar no espelho. Sai de casa e conquista o mundo...
Aos 70 anos: ela olha prá si mesma e vê sabedoria, risos, habilidades, sai para o mundo e aproveita a vida...
Aos 80 anos: ela não se incomoda mais em olhar para si mesma. Põe simplesmente um chapéu violeta e vai se divertir com o mundo...
Talvez a gente devesse pegar aquele chapéu violeta  mais cedo...


Cecília Meirelles
publicado por Marisa às 12:51

link do post | comentar | favorito
|

Pensamentos

 

É necessário conhecer a emoção para viver a razão. Saber ouvir é arte de quem seleciona o que falar. Calar para ouvir é aprender quando, como e o que falar.

A franqueza não consiste em dizer tudo o que se pensa, mas em pensar em tudo o que se diz.

Deus não nos fez para sermos roídos pela ansiedade, mas para andarmos erectos, livres e sem medo num mundo que existe trabalho a executar, verdade a procurar e amor para dar e conquistar.

A felicidade verdadeira é barata, mas nós pagamos caro por sua imitação.

Não permaneça preso ao passado nem a recordações tristes. Não remexa uma ferida que está cicatrizada. O que passou, passou! Deste momento em diante, procure construir uma vida nova, na direção do alto, caminhando para frente, sem olhar para trás.

É muito importante que o homem tenha ideais. Sem eles, não se vai a parte alguma. No entanto, é irrelevante alcançá-los ou não. É apenas necessário mantê-los vivo e procurar atingi-los.


publicado por Marisa às 07:34

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 2 de Janeiro de 2007

Parabéns Tiago

 

 

 

publicado por Marisa às 18:26

link do post | comentar | favorito
|

Aniversários de Janeiro

 

publicado por Marisa às 13:27

link do post | comentar | favorito
|

Novo Ano

 

 

publicado por Marisa às 13:22

link do post | comentar | favorito
|

Ano Novo - Vida Nova?

 

Ano Novo - Vida Nova. Não sei se será bem assim, pois apesar de todos os bons propósitos todos voltamos rápidamente à rotina e ao habitual. Realmente é bem mais cómodo. Para quê implementar diferenças, se vamos vivendo assim? E assim vamos prosseguindo e para não fugir à regra, todos festejamos a entrada do novo ano e todos continuamos a nossa vida do costume. E por isso, aqui estou eu de novo, após 3 dias de descanso, bem longe da azáfama desta nossa cidade, que agora, mais do que nunca e devido às obras, me põe meia doida. Mas acredito que é tudo por uma boa causa e dentro de algum tempo, teremos mais uma grande obra, como mais um motivo de orgulho para viver nesta cidade linda.

E, podem acreditar, que recarreguei baterias e que a minha passagem de ano, sem computador , rodeada de uma paisagem bem diferente da habitual, no meio de todos aqueles montes, numa noite bem mais escura do que estou habituada, mas que se iluminou com fogos rebentando por todos os lados, e num ambiente familiar, foi um êxito. E mais uma vez, comprovei que as pessoas que vivem nas nossas pequenas aldeias, conseguem ser tão felizes ou até mais do que nós e continuam a receber no seu meio, todos que como eu, volta e meia por lá aparecem.

Além da família que estava reunida, são os vizinhos, os amigos, todos passam a ser um só. Realmente, Moimenta da Beira, Alto de Fornos e Paradinha, continuam a ser  dos meus locais preferidos e onde dá gosto passar alguns dias.

E agora, continuo a esperar pela colaboração de todos e vou começar a trabalhar para o festival do Rancho Tricanas do Cidral , que se vai realizar a 4 de Agosto de 2007, e também na Agenda de Actuações para este ano, pois felizmente estamos a ser muito solicitados.

P

publicado por Marisa às 13:20

link do post | comentar | favorito
|

Onde você vê...

 

Onde Você Vê...

Onde você vê um obstáculo,
alguém vê o término da viagem
E o outro vê uma chance de crescer.

Onde você vê um motivo pra se irritar,
Alguém vê a tragédia total
E o outro vê uma prova para sua paciência.


Onde você vê a morte,
Alguém vê o fim
E o outro vê o começo de uma nova etapa...

Onde você vê a fortuna,

Alguém vê a riqueza material
E o outro pode encontrar por trás de tudo, a dor e a miséria total.

Onde você vê a teimosia,
Alguém vê a ignorância,
Um outro compreende as limitações do companheiro,
percebendo que cada qual caminha em seu próprio passo.

E que é inútil querer apressar o passo do
outro, a não ser que ele deseje isso.

Cada qual vê o que quer, pode ou consegue enxergar.

"Porque eu sou do tamanho do que vejo.
E não do tamanho da minha altura."

Fernando Pessoa

publicado por Marisa às 13:17

link do post | comentar | favorito
|

Amigos

 

"Alguns amigos são necessários para nos remendar a alma.
 Outros amigos levantam o nosso ânimo...
 E existem aqueles que dão asas aos nossos sonhos.

publicado por Marisa às 08:12

link do post | comentar | favorito
|

Sinceridade

 

SINCERIDADE

Sinceridade ainda existe,
 não é qualidade abstrata.
Acredito nas pessoas sinceras,
por mais que doa,
arrebente,
machuque
ou magoe.

A sinceridade constrói:
amizades, amores, paixões...
Mas quando é esquecida,
provoca desilusões,
dessas que derrubam qualquer um
até o chão da mediocridade,
que vai além do solo material.

Sou das que caem,
todavia, bem depressa me levanto.
Mesmo fraca, reconsidero a situação
e parto para ir em busca da solução:
Gente.
Eu sou carente de gente.
Nem todo ser humano é gente,
mas toda gente é ser humano.

Quando a racionalidade domina,
a névoa encobre a emoção de cada um,
e eu não vou encobrir a minha.
Procuro o equilíbrio,
dois e dois são quatro,
mas quatro são diferentes.

É importante negar,
razão mal empregada só gera distúrbio.
O poder é emocional,
mas só chega ao poder
quem voa incessantemente da razão.
Por isso, a razão pura não me satisfaz.

Eu quero um pouco de tudo.
Eu não quero poder, quero respeito.
Eu não sou bobo da corte intencionalmente,
apenas liberto aquilo que todos escondem,
liberei a minha personalidade.
Mostrei às pessoas algo que somente,
há tempos, eu mesma via no espelho

Eu sou por todos, às vezes, mais que por mim.
Sou pela diferença consciente
e pela igualdade de direitos e deveres.
Sou pela revolução dos costumes
e pela preservação da vida.
Não na mediocridade que se encontra,
mas na maravilha que ela é.


publicado por Marisa às 00:35

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 1 de Janeiro de 2007

Feliz Ano Novo

 

publicado por Marisa às 23:58

link do post | comentar | favorito
|

Feliz Ano Novo

 

publicado por Marisa às 22:00

link do post | comentar | favorito
|

Feliz Ano Novo

 

 

publicado por Marisa às 20:00

link do post | comentar | favorito
|

Novo Ano Feliz

 

 

publicado por Marisa às 18:00

link do post | comentar | favorito
|

Ano Novo

 

publicado por Marisa às 16:00

link do post | comentar | favorito
|

Feliz Ano Novo

 

publicado por Marisa às 14:00

link do post | comentar | favorito
|

Chorar...pela paz!!!

 

 

 


 

publicado por Marisa às 12:54

link do post | comentar | favorito
|

Feliz Ano Novo

 

publicado por Marisa às 12:00

link do post | comentar | favorito
|

Postais1

 

 

Catarina Alves

 

Carlos Mateus

 

Paulo Pinto

 

 

 

Susana Pinto

 

Sandra Castro 

 

Júlia Castro

 

Maria Pereira

publicado por Marisa às 10:01

link do post | comentar | favorito
|

Feliz Ano Novo

 

publicado por Marisa às 10:00

link do post | comentar | favorito
|

Olá

Ao começar este ano,

vou agradecer
por tudo quanto vou receber de bondade.
Agradecer  pela vida e pelo amor !
 Pela natureza,
pela água, pelo ar, pela luz e pelo sol !
Pela alegria e até pela dor !

Vou agradecer
pelas pessoas que amo,
pela sua saúde e alegria;
 pelas pessoas que me amam
e me ajudam a viver melhor !

Começo este ano agradecendo,
mas também pedindo perdão pelo tempo que perdi,
pelas palavras inúteis e pelo amor e carinho desperdiçados...

Pelas minhas negligências,
pelos esquecimentos
e pelos silêncios negativos.

Agradeço também,
 por tudo o que realizei
no ano que passou
e pelo que apenas desejei realizar !

Um Feliz Ano Novo a todos
e que em 2007 todos tenhamos
 muita paz, saúde, sabedoria e alegria...
publicado por Marisa às 08:10

link do post | comentar | favorito
|

Paz

 

 

publicado por Marisa às 00:03

link do post | comentar | favorito
|

Feliz Ano Novo

 

 

Para ti, para mim, para todos

 

 

 

publicado por Marisa às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
,

pesquisar

 
,

Novembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

arquivos

Novembro 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Janeiro 2001

recentes

Pão por Deus

-----

------

---

-

----

--------

1 de Abril

---

---

links

blogs SAPO

subscrever feeds